domingo, 30 de novembro de 2014

QUAL A SUA DROGA? USO DA MACONHA PARA FINS MEDICINAIS FOI PAUTA DE ATO NACIONAL.

 Uma feira de drogas lícitas foi exposta no Rio de Janeiro pra poder ironizar a criminalização da cannabis enquanto outras drogas são legalizadas. Foto: Mídia NINJA
Em Belo Horizonte (MG) ativistas realizaram um apitaço pela legalização da maconha medicinal. Foto: Mídia NINJA
Em Belo Horizonte (MG) ativistas realizaram um apitaço pela legalização da maconha medicinal. Foto: Mídia NINJA       A proibição do uso da cannabis para recreação e industrialização já é um quadro consolidado no Brasil e que ainda levará alguns anos para que seja alterado. Entretanto, a criminalização aos que querem e precisam das propriedades medicinais da erva é uma covardia sem igual. Para impedir que tratamentos sejam paralisados ou que pacientes fiquem sem o medicamento indicado, centenas de ativistas pela legalização do uso da maconha medicinal foram às ruas ontem, 27 de novembro, dia da luta contra o câncer, escolhido também para representar a luta pela legalização da planta para fins medicinais. Segundo o senador Cristovam Buarque (PDT/DF), relator da Sugestão nº8 do Senado que propõe a regulamentação da maconha, afirmou recentemente que “quem está com uma criança doente não pode esperar, por isso tem que ser urgente”.
   A propostas da mobilização é pressionar a ANVISA, órgão que pode permitir o uso da maconha medicinal retirando-a de sua lista de drogas ilícitas e conscientizar a população sobre as particularidades da cannabis sativa. As atividades envolveram familiares de pacientes, médicos e ativistas além de intervenções artísticas, projeção de filmes e até mesmo uma “Feira de Drogas” com café, açúcar, aspirinas e diversas outras drogas lícitas para ironizar a atual proibição da cannabis. 
  A cannabis é utilizada contra o câncer e a AIDS, no alívio de náuseas e vômitos provocados pela quimioterapia e antivirais, reduzindo dores e espasmos musculares típicos da esclerose múltipla, dores crônicas ou neuropáticas, no controle de convulsões causadas por diversos tipos de epilepsia, a erva da paz, ou fumo de angola, é um verdadeiro milagre.
FONTE: Ninja/ blog do ataíde
COMENTO: Senhor Senador Cristovam Buarque, acho que o senhor mudou de ideia muito rápido; nesse espaço foi publicada uma matéria(há alguns meses) onde pura e simplesmente o senhor queria apenas por querer a legalização da maconha talvez atendendo a solicitação de um cliente assíduo da droga enfim.......não sabes que a maconha aliada ao álcool são as portas principais de entrada de outras drogas que culminarão no vício básico e constante do CRACK?????? Tal fator, conduzirá o viciado(a maioria jovens) a praticar crimes em potenciais e sem o devido apoio de quem de direito pois a família em sua concepção, já não existe mais e a polícia já não tem mais o que fazer pois trata-se de um problema social e de governo. Onde estão os resultados e a verba para o devido tratamento dos viciados?????? Por fim, o terceiro parágrafo resume para que serve a MACONHA MEDICINAL; o senhor entendeu senhor Senador Cristóvam Buarque????? Existem pessoas que precisam utilizar tal remédio para curarem suas doenças como por exemplo o CANABIDIOL( CBD ) que é o nome de um medicamento feito com a maconha. Um dos principais componentes deste remédio, é a planta CANNABIS SATIVA, a maconha, que segundo alguns estudos poderá( ou já é) ser utilizada para fazer remédios que ajudam no tratamento de algumas doenças como epilepsia, dor neuropática, crise convulsivas etc.....Geralmente a maconha é conhecida pelo seu efeito psicótico e viciante quando fumada e ilegal diga-se de passagem porém, o CANABIDIOL, desta forma tem pouco efeito. Para terminar, a cultura do nosso país é muito diferente da Bélgica e Holanda, onde a maconha é liberada sem o THC( princípio ativo, aquele efeito que deixa o cara doidão......kkkkk) e que o "cliente" tem que ser cadastrado em seu CPF a quantidade que comprou; aqui os caras querem que liberem do jeito que tá; aí vai bagunçar geral; se for assim teria que liberar a gasolina de graça pra todos, ficaria uma coisa "legal" porém IMORAL; imaginem o padre ou o pastor "doidão" antes do culto ou da missa????? Torço pelo uso MEDICINAL e pela saúde das pessoas.


sábado, 22 de novembro de 2014

BOLSA FAMÍLIA: UMA FÁBRICA DE MISERÁVEIS!



O maior fracasso do Bolsa-Família é que ele cada vez aumenta mais. Se ele fosse um programa eficaz não estaria com 50 milhões de beneficiários, como Dilma Roussef gosta de alardear, principalmente, em vésperas de eleição. É um depósito de gente sem trabalho e sem querer trabalho que não acaba mais. E logo vai ter mais, por que é o que o governo gosta e a única coisa que sabe fazer.  Assim como está e vai continuar, o Bolsa-Família não passa de um estabilizador da miséria. Nivela a qualidade de vida da sociedade brasileira por baixo; bem abaixo do nível de ostentação dos políticos, lobistas e governantes. Se o Bolsa-Família servisse para alguma coisa, ele parava de aumentar. Isso é bom pra quem é ruim.
Fonte: sofaloaverdade.com.br
COMENTO: Precisa de algum comentário??????? 


Senhor futuro governador Rollemberg, eis aí a Polícia Militar do DF!


Na noite de ontem(21/11/14), dois elementos ou bandidos ou o que você quiser, menos pessoas de boa índole, resolveram assaltar uma loja de conveniência do BRB localizada na EQNO 13/15 do Setor O Ceilândia-DF. O grupo tático operacional GTOP 28 foi acionado mediante solicitação CIADE e para o azar dos meliantes, em pouquíssimo tempo os nossos policiais militares chegaram ao local. Diante disso encontraram um refém(restrição de liberdade) e duas funcionárias amordaçadas e presas no banheiro da loja; com certeza deve ter havido a boa e eficiente negociação tendo como resultado a prisão em flagrante dos bandidos. Foram encontrados com eles duas armas de fogo sendo um 38 e um simulacro(arma de brinquedo muito parecida) de .40(ponto quarenta), mais nove munições de .40(ponto quarenta) e, "resgatado" R$ 9.971,00 que eram com certeza o objeto do crime. Pela eficiência da polícia militar(GTOP 28), não foi preciso trocar tiros com os bandidos, mostrando assim o alto índice de profissionalismo dos policiais militares em tese nessa ocorrência assim como em todo o DF. A ocorrência foi registrada na 23ª DP. Parabéns á equipe do GTOP 28, Sargentos Lago e Cordeiro, Cabos Antônio Pereira e Gonzaga. Senhor futuro governador, essa é a polícia militar que todos queremos só que, com um detalhe, ela precisa ser VALORIZADA e ter um bom PLANO DE CARREIRA, coisa que infelizmente a categoria não tem; vide e compare senhor futuro governador pelo salário de outras categorias.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Distrito Federal tem média de 86 roubos por dia, atrás apenas do Pará.




O Distrito Federal é a segunda unidade da Federação onde mais acontecem roubos. Em 2013, foram registradas 31.679 ocorrências, um aumento de 21% em relação ao ano anterior, quando as delegacias computaram 26.149. O levantamento divulgado pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostra que, a cada dia, pelo menos 86 pessoas sofrem assaltos na rua, em residências, em comércios, dentro de coletivos, entre outros. Levando em consideração a taxa para cada grupo de 100 mil habitantes, a capital do país fica atrás somente do Pará.

Nenhuma região administrativa está a salvo. Bandidos atuam a qualquer hora do dia, tanto nas regiões mais carentes como nas áreas mais nobres. Na 403 Norte, o medo dos comerciantes é constante — em fevereiro, o Correio denunciou que a quadra é uma das mais problemáticas do Plano Piloto. A loja de doces de Solange Carneiro Miranda, por exemplo, foi atacada duas vezes. Ela está no ponto há 20 anos e diz que a sensação de insegurança nunca se mostrou tão grande. “Sempre existiu esse tipo de crime, mas, agora, está mais frequente. Os clientes estão temerosos por aqui”, contou. “No meu prédio, os apartamentos estão vazios. As pessoas estão indo embora, os aluguéis diminuíram e os imóveis ficam cada vez mais desvalorizados.”
A posição ocupada pelo DF no ranking não condiz com a estrutura das polícias Civil e Militar. A falta de uma gestão mais eficiente é comprovada pelos números. O GDF gastou, segundo o Anuário, em 2013, mais de R$ 1 bilhão na área de segurança pública, um dos maiores orçamentos do Brasil. Com relação aos salários, os agentes da Polícia Civil são os mais bem pagos do território nacional, com remuneração de R$ 7.514 — nove estados, porém, não divulgaram os valores dos proventos. Os praças da Polícia Militar da capital recebem R$ 4.122, perdendo apenas para os colegas do Paraná.
Mas o investimento não se transformou em ações capazes de frear a criminalidade. O empresário Marcos André de Oliveira sofreu com a violência antes mesmo de inaugurar um estabelecimento na 403 Norte. Um dia antes de abrir um café, o estabelecimento foi furtado. Na tentativa de afastar os ladrões, ele decidiu investir dinheiro extra na instalação de câmeras. “Temos de estar prevenidos. Isso é também uma preocupação com o cliente”, afirmou.
fonte: correioweb

COMENTO: Se não investir em segurança pública principalmente na polícia militar valorizando os nossos policiais a tendência é que tais números se estabilizem ou seja não adianta apenas as pessoas do Plano Piloto reclamarem da insegurança pública pois a mesma é geral; imaginem o que as pessoas de Samambaia, Taguatinga, Planaltina e principalmente Ceilândia pensam a respeito? Ainda sim, o senador da república Marcelo Crivella, pensa em priorizar as armas não letais preterindo assim as armas de fogo da polícia em situações onde a atuação é inevitável, conforme matéria anterior; diante disso, você morador de áreas nobres do DF vai enlouquecer se tal medida passar ou seja......viva os bandidos; Na PMDF entram em média 1000 novos policiais e todo ano, se afastam por diversas circunstâncias, em torno de 4000 policiais militares; aí eu te pergunto, como resolver o problema de insegurança no DF? o PM é mal valorizado; a categoria não tem efetivo etc.....outro exemplo; no BATALHÃO ESCOLAR entra curso e sai curso da PMDF e nenhum novo policial vai para aquela unidade, sobrecarregando assim, os que lá trabalham enfim......isso acontece em todas as unidades; a tendência é que esse índice de criminalidade só abaixe se todos os órgãos(efetivo) de segurança pública forem aumentados, principalmente a polícia militar que é quem chega primeiro ás ocorrências. Em relação aos valores salariais dos policiais militares do DF(praças),os números citados na matéria do Correioweb, não condiz com a realidade da categoria e nem muito menos na proporção nacional.

CCJ aprova prioridade para uso de armas não letais por policiais........


O uso de armas não letais poderá ter prioridade sobre as armas de fogo na ação policial, desde que não coloque em risco a vida dos policiais, conforme substitutivo da Câmara ao PLS 256/2005, aprovado nesta quarta-feira (19) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
Armas não letais, de acordo com o texto, têm baixa probabilidade de causar mortes ou lesões permanentes e são projetadas para conter, debilitar ou incapacitar pessoas temporariamente. São exemplo desse tipo de instrumento gás lacrimogêneo, balas de borracha, spray de pimenta e arma de eletrochoque, também conhecida como taserO autor do projeto, senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), aponta o crescimento da violência na ação policial, resultando em grande número de mortes, em especial de jovens. Para reduzir as ocorrências e manter a integridade física de pessoas em abordagens policiais, ele sugere uma lei para disciplinar o uso da força pelos agentes de segurança, com prioridade para armas não letais. Na Câmara, o texto aprovado no Senado foi ampliado e atualizado, conforme explicou o relator, senador Inácio Arruda (PCdoB-CE). Ele apresentou voto favorável ao substitutivo, para incentivar a adoção de tecnologias de imobilização como opção às armas de fogo. – Têm ocorrido casos no Brasil em que um agressor, um assaltante ou um criminoso, já detido, é atacado por arma letal – argumentou o relator. De acordo com o texto, será proibido o uso de armas de fogo contra pessoa em fuga que esteja desarmada ou contra veículo que desrespeite bloqueio policial, desde que a situação não represente risco de morte ou de lesão a policiais e a terceiros. A classificação e a utilização dos instrumentos não letais deverão constar de regulamento do Poder Executivo. O substitutivo prevê ainda como dever do poder público fornecer as armas não letais aos agentes de segurança pública e oferecer formação específica para sua utilização. E sempre que o uso da força policial resultar em pessoas feridas, deverá ser assegurada a imediata prestação de socorro médico, bem como a comunicação do ocorrido à família das vítimas. Com a aprovação pela CCJ, o substitutivo ao PLS 256/2005 vai ao exame do Plenário.
Fonte: Agência Senado
COMENTO: Meu caro senador Crivella que país o senhor vive?  essa sua política por acaso é a do "morde e assopra"? porque não faz sentido; ora um senador chamado Collor resolve criar um seguro para a vida do policial civil, militar, bombeiros e agentes penitenciários; muito salutar diga-se de passagem e será de grande valia para estes profissionais de segurança já o senhor quer tirar o pouco de resolução operacional que as polícias tem quando se vêem nessas situações ora citadas pelo senhor. Não faz sentido tratar bandido com carinho pois os mesmos não nos tratam assim quando vão assaltar, estuprar, trocar tiros com a polícia etc....etc....etc....Acredito que o senhor deveria juntamente com os outros senadores subir pelos menos em 2 morros lá do Rio de Janeiro ou darem uma passeada na Ceilândia-DF nas quadras 3,5 e 7 da Ceilândia Norte, para se inteirarem da real situação da sociedade que tanto precisa ser bem representada politicamente; os bandidos bem armados e a polícia em ocorrência tendo que dar tapas de luvas nos coitados dos bandidos que sempre estão bem armados(no mínimo com fuzis) e quando vão assaltar alguém ou estuprar ou trocar tiros com a polícia eles(bandidos) "REZAM OU ORAM" primeiro para depois cometer atrocidades, só pode. Por que o senhor juntamente com os demais representantes do povo não trabalham para mudar o ECA(estatuto da criança e a adolescente) e os códigos penais e processuais penais que já estão GAGÁS de tão velhos e sem efeitos e nunca saem do papel tal trabalho??????? Essa polícia que o senhor sugere, não é para o BRASIL deve ser para a ISLÂNDIA. Polícia boa tem que ser bem valorizada, bem equipada, bem especializada para defender o povo e inclusive o senhor, SENADOR CRIVELLA, e isso nós não temos pois todas as polícias do BRASIL estão deficitárias em alguma coisa e principalmente no salário. Para finalizar, o senhor sabe quanto ganha um soldado pm do Piauí ou da pm do Rio de Janeiro????  O senhor sabe como é ficar sem aumento real durante mais de 4 anos e não ter 13 promessas cumpridas ao longo de um governo como aconteceu na PMDF na capital do país ????? O senhor deveria saber. A prioridade nas polícias do Brasil com certeza não é isso que o senhor almeja. Se quiser idéias e ajuda, estou ás ordens. 


sábado, 15 de novembro de 2014

Distritais insistem em ser "intocáveis" e OAB-DF promete ir à Justiça.




A disposição dos deputados distritais em tentar impedir que cidadãos e entidades representativas proponham processos de cassação por quebra de decoro parlamentar deve acabar na Justiça, caso seja aprovado na Câmara Legislativa um projeto de resolução que altera o regimento interno da Casa. Tudo isso sob o argumento de evitar perseguição política. Na Câmara dos Deputados, qualquer pessoa tem chance de iniciar esse processo. Se depender dos distritais, a proposta deve ser encaminhada para votação na próxima terça-feira. Para valer, ela precisa ser votada em 1º turno e, após um intervalo de 10 dias, em 2º turno.

Nesta semana, 13 distritais aprovaram, em 1º turno, outro projeto polêmico. Ele determina que um parlamentar só pode ter o mandato cassado, seja qual for o crime cometido, depois de condenado pela Justiça em última instância, o que, na prática, inviabiliza qualquer processo político de cassação. Entre os deputados que aprovaram a medida, Alírio Neto (PEN), Cristiano Araújo (PTB) e Liliane Roriz (PRTB) respondem a processo judicial, enquanto Aylton Gomes (PR) e Benedito Domingos (PP) têm condenações em segunda instância.

Para o professor aposentado de direito da Universidade de Brasília (UnB) Ronaldo Poletti, a proposta é um “absurdo jurídico”. “As jurisdições penal, cível e administrativa são independentes entre si. Saber se a decisão de uma dessas esferas vai ou não interferir em outra é uma outra questão”, explica. Barrar a participação da população em processos de quebra de decoro é “impossível”, segundo o especialista. “Ninguém pode privar um cidadão de representar contra quem quer que seja. Então, se a Câmara receber uma denúncia e nada fizer, ela assumirá a responsabilidade por isso. Tudo isso me parece um ponto fora da curva”, argumenta.



FONTE: Correio Braziliense.



COMENTO: Uma vergonha desses que não nos representam em nada principalmente esses citados. Se for pra ser assim que se mude a forma de eleição não obrigando o povo a votar e mudando a constituição principalmente no seu artigo 1º que não serve pra nada; e o pior é que o povo ainda ajuda, votando errado ao invés de cobrar. De onde sai o salário desses....... de onde vem a verba para tudo(carro, paletó, verba de gabinete etc....)?????

Vem do seu bolso cidadão através dos seus impostos e você não se dá conta disso levando-os a essas idéias ridículas ao invés de trabalhar para o povo. Por fim, a OAB está de parabéns; não vamos aceitar essa proposta podre desses podres que não fazem nada pelo povo; me provem o contrário; acorda povo. 

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

PARABÉNS CEILÂNDIA,,,,LUZIA DE PAULA ASSEGURA NOVOS RECURSOS PARA OBRAS EM ÁGUAS CLARAS.

unnamed
Luzia de Paula foi eleita deputada distrital para próxima legislatura e será empossada, desta vez como titular de mandato, no dia 1º de janeiro de 2015, mas ela não esperou o dia da posse para por as mãos e assegurar melhorias para a população do Distrito Federal. Prova disso é que acordo firmado com o deputado Alírio Neto,  seu companheiro de partido, o PEN51, conseguiu a proposição de emendas ao orçamento do GDF para o próximo ano, no valor de 1,8 milhões reais, para a realização de obras em Águas Claras, sendo elas: cercamento do Parque Central (500 mil); construção de praças (500 mil); construção de calçadas e implantação de meios-fios (300 mil) e início das obras da 36ª Delegacia de Polícia (500 mil).Nas justificativas das emendas, Alírio Neto deixa claro que, além de atender as demandas apresentadas por Luzia de Paula, as obras propostas nas emendas contribuirão para melhorar a vida dos moradores de Águas Claras. Por sua vez, a distrital eleita afirma que se os recursos não forem suficientes ela fará gestão junto ao futuro governador para complementá-los, especialmente para a construção da 36ª DP, que é uma obra há muito reivindicada pela comunidade que reside na parte vertical da cidade.
FONTE: blog do Ataíde
COMENTO: simplesmente, parabéns Ceilândia.....vocês se dão o luxo de eleger uma pessoa que se diz moradora desta satélite e  que faz obras e melhorias em outras cidades. Impressionante!!!!!! Enquanto isso o Sol Nascente continua do mesmo jeito, LARGADO mas a culpa é de vocês.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

TSE libera dados de eleição ao PSDB para auditoria.

TSE libera dados de eleição ao PSDB para auditoria
E agora José????? e  se tudo estiver "certo"?
e se tudo estiver manipulado????? mas, não custa nada tentar.....boa sorte ao Aécio.
blog sim nós podemos!

sábado, 1 de novembro de 2014

MANIFESTAÇÕES EM VÁRIAS CIDADES PEDEM IMPEACHMENT DE DILMA.


Foto: Arquivo EBC
Tomara que tenham êxito nessa manifestação e mostrem ao povo brasileiro, de novo, que a dignidade e o respeito existem; perder ou ganhar faz parte do jogo desde que o jogo seja lícito. O problema da política não são os políticos e sim os eleitores que votam mal e ainda vendem a sua dignidade e da sua cidade por tão pouco, não é mesmo SOL NASCENTE??????
blog sim nós podemos.