**

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

A mentira colossal.

A defesa de Paulo Okamotto disse que OAS só patrocinou a preservação do “colossal” acervo de Lula, pagando mais de um milhão de reais à Granero.
Agora Paulo Okamotto sambar, porque a OAS negou qualquer tipo de patrocínio a Lula ou a pessoas ligadas a ele.
Os pagamentos foram clandestinos, realizados pelo presidente da OAS Léo Pinheiro, companheiro de farras de Lula.
Blog Sim Nós Podemos!!!! 👉👈?