quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

"Ari fichinha"

O operador de Sérgio Cabral que está sendo preso agora, Ari Ferreira da Costa Filho, tinha um esquema semelhante ao do Carf.

De acordo com a PF, ele oferecia blindagem fiscal em troca do pagamento de propinas.

Diz O Globo:

"Apontado como o primeiro operador de Cabral, o agente fazendário era conhecido nos corredores da Secretaria Estadual de Fazenda como 'Ari fichinha'. Isso porque, relatam alguns colegas, distribuía senhas para os empresários que o procuravam em busca de algum tipo de vantagem, principalmente o perdão de multas por sonegação de ICMS".

Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?