**

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Cabral indignado com ‘conversa de que todo mundo é corrupto’.

Sérgio Cabral
Maurício Lima
Durante a disputa para a prefeitura de 1992, Sérgio Cabral fez mais do que anunciar quais eram seus valores. Ele jurava não tolerar a generalização de que todo mundo é corrupto.
Em um dos seus materiais de campanha, uma carta assinada pelo então candidato, Cabral quase convence: “Fico indignado com essa conversa de que todo mundo é corrupto, é enganador”.
Um outro trecho do texto, lido hoje, balança entre o cômico e o trágico. Prega o ex-governador de 100 milhões de dólares: “Acredito que não roubar e não deixar roubar são dois valores básicos para quem administra o dinheiro do povo”.
Ao final, ele conclui: “Se os seus valores são iguais aos meus, então eu conto com seu voto”
O ex-governador deve estar orgulhosíssimo. Depois de 25 anos, o tal povo aprendeu que a generalização é um absurdo, pois os valores de Cabral são mesmo raríssimos.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?