quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

"Dizer que parente de político é criminoso é irresponsabilidade".

Paulo Bauer, líder do PSDB no Senado, informou que, por enquanto, o partido não se compromete em apoiar a inclusão da possibilidade de parentes de políticos serem contemplados pelo projeto da repatriação.
"Estamos vivendo um momento em que todos querem que o Brasil seja passado a limpo, compreendemos isso."
Mas ele ponderou:
"É uma questão bem polêmica. Não podemos fazer qualquer tipo de pré-julgamento. Dizer que parente de político é criminoso é irresponsabilidade. Se algum parente de político for responsabilizado por qualquer crime, deve ser punido. Mas não se pode colocar numa lei a condição preliminar de que alguém é criminoso."
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?