sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Réus contra Janot.

O antagonista.
Edison Lobão, plenipotenciário de José Sarney nas Minas e Energia de Dilma Rousseff, foi posto no comando da CCJ porque os réus da Lava Jato querem escolher a dedo o novo Procurador-Geral da União.
Diz o Estadão:
“Na estratégia para se blindar contra as investigações está a iniciativa de impedir na CCJ qualquer tentativa de recondução do PGR, Rodrigo Janot, ou de aprovar alguém ligado a ele.
O escolhido pelo presidente da República é sabatinado na comissão comandada por Edison Lobão e precisa ter o nome aprovado no plenário do Senado. As discussões sobre a sucessão na PGR começam hoje em encontro que vai reunir os pré-candidatos à lista tríplice”.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?