**

quinta-feira, 16 de março de 2017

As "pedaladas" de Cármen Lúcia.

Se Michel Temer for cassado pelo TSE, Cármen Lúcia pode herdar o Palácio do Planalto.
Há um risco nessa escolha: o estouro das contas públicas.
Algumas semanas atrás, Cármen Lúcia favoreceu os Estados caloteiros. Ontem, ela excluiu o ICMS da base de cálculos do PIS e da Cofins, gerando um rombo para a União de até 250 bilhões de reais.
Alguém se arrisca?
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?