segunda-feira, 13 de março de 2017

Ex-ministro investigado na Lava Jato tenta emplacar aliado no TSE.

Presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves
Henrique Eduardo Alves caiu na Lava Jato, perdeu o Ministério do Turismo, mas não sai de Brasília. Ele tem lá seus interesses.
A última empreitada do amigo de Eduardo Cunha é emplacar como ministro suplente do TSE o advogado do Rio Grande do Norte Erick Pereira.
Foi pelas mãos de Henrique Alves, na época deputado e com muito mais prestigio, que o irmão de Pereira, Emmanoel Campelo, conseguiu uma cadeira no CNJ (Conselho Nacional de Justiça), em 2012.
Pereira e Campelo são filhos de uma figura próxima a Henrique Alves, o ex-ministro do TST Emmanoel Pereira.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?