quarta-feira, 8 de março de 2017

Laranja de Cabral se desfaz de sociedade.

Paulo Fernando Magalhães Pinto  
Ernesto Neves
O empresário Paulo Magalhães Pinto Gonçalves vendeu sua participação no restaurante que iria abrir na Rua Maria Quitéria, região nobre de Ipanema, no Rio.
Como Gonçalves está com os bens bloqueados, a transação precisou da autorização do juiz Marcelo Bretas. A quantia, cerca de $ 270.000 mil reais, foi paga pelo sócio Rodrigo Vasconcellos e depositada em juízo. 
Paulo Magalhães Pinto Gonçalves está preso desde novembro de 2016 em decorrência da Operação Calicute. Ele é apontado pelo Ministério Público como laranja do ex-governador Sérgio Cabral. Bens do empresário, incluindo uma lancha avaliada em R$ 5 milhões, seriam, na verdade, de Cabral.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?