**

quinta-feira, 23 de março de 2017

"O clero rebaixado de PSDB e PT".

A maré contra a Lava Jato está ficando mais forte.
E arrasta cada vez mais gente.
Vinicius Torres Freire, da Folha de S. Paulo, analisou esse movimento:
“Articulistas e porta-vozes da direita à esquerda criticam o autoritarismo crescente do ‘partido da Justiça’ e a demonização da política. Regentes auxiliares de Michel Temer lideram o basta, como Gilmar Mendes, entre outros.
O acordão do baixíssimo clero no Congresso ora conta com apoio explícito do clero rebaixado de PSDB e PT.
Companheiros de viagem desses dois partidos e outras figuras mais respeitáveis na opinião pública elaboram a defesa intelectual do armistício.
Um acordão pacificador de amplo espectro, que inclua também o PT, tem pelo menos três empecilhos maiores.
Primeiro, as pontes de diálogo foram queimadas (…).
Segundo empecilho: como fazer com que as ‘bases’ engulam o acordão? O que o PSDB vai dizer às ‘ruas’ da ‘ética na política’? Como explicar que casou em comunhão total de bens com o PMDB e deu gorjeta ao PT? (…)
Terceiro problema: falta liderança capaz e legítima o bastante para acertar o armistício entre partidos e vender esse peixe para as ruas”.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?