**

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Coaracy Nunes ficou até com dinheiro de premiação dos atletas.

Coaracy Nunes Filho, da Confederação de Desportos Aquáticos, durante o evento "Prêmio Empresário Amigo do Esporte", no Clube Pinheiros, em São Paulo (SP) - 02/07/2010
veja
O Ministério Público Federal ajuizou mais uma ação contra a cúpula da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, presidida por Coaracy Nunes. Esse segundo processo apurou desvios de mais 6,8 milhões de reais, dinheiro que deveria ter sido investido na preparação da equipe olímpica brasileira.
Além de Coaracy Nunes, responderão ao processo o diretor financeiro da entidade, Sérgio Ribeiro, os donos da empresa de turismo Roxy e outros membros da confederação.
Ponto de Vista: Realmente não há idade pra ser bandido. Que feio. O Brasil é campeão olímpico em todas as modalidades NA CORRUPÇÃO. Cadeia neles. 
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?