**

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Albergue em Ceilândia DF, será transformado em escola para alunos de 3 a 8 anos.


Ricardo Callado
Um albergue que iria abrigar uma unidade de acolhimento na Área Especial A da QNR 2 de Ceilândia será transformado em escola. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (1º) pelo governador Rodrigo Rollemberg, durante reunião com lideranças locais.
Nos turnos matutino e vespertino, serão atendidos 1,2 mil estudantes de 3 a 8 anos (do maternal 2 ao terceiro ano do ensino fundamental). À noite, haverá aulas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e de cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).
“Ouvimos a população para saber qual era a prioridade. Nada mais justo que atender à reivindicação e transformar aquilo que seria um albergue numa escola”, disse o governador.
A Secretaria de Educação fará as adequações necessárias no local, que deverá funcionar a partir do segundo semestre deste ano, de acordo com o secretário de Educação, Júlio Gregório Filho.
“Essa notícia é uma vitória para a comunidade”, comemorou o prefeito comunitário da QNR, João Gomes.
Durante o encontro, o governador Rollemberg citou outras melhorias na região, como a abertura do Restaurante Comunitário do Sol Nascente, na QNR 1, e a entrega do terminal de ônibus.
Aquelas pessoas que seriam acolhidas pelo albergue serão atendidas em unidades nas diversas regiões administrativas de Brasília e em casas que poderão ser alugadas pelo governo.
“Nós fizemos um debate com a Secretaria de Educação e concluímos que a escola é uma necessidade real daqui. Vamos atender essa população [em situação de rua] de forma descentralizada”, explicou Gutemberg Gomes, secretário do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.
Ponto de Vista: Respeito mas, não concordo. Perguntas: E a escola classe 65, o que será feito? Vai continuar como? O nobre governador fala de educação como se a educação no DF, fosse a oitava maravilha do mundo. As crianças do Sol Nascente, QNQ e QNR, não têm uma boa aprendizagem porque os professores não são valorizados. Vejo crianças que dão graças a DEUS quando vão para a escola; sabe por que? Respondo; por causa da merenda que em muitos casos, é melhor que a comida que as pobres crianças tem em casa; ou seria bom comer arroz com ovo e tomate 30 dias? (salvo alguns casos). Este setor precisa é de um HOSPITAL para deixar de sobrecarregar o HOSPITAL de CEILÂNDIA. Escola por escola, a QNR tem uma. Bastaria apenas valorizar os professores para que o ensino fosse qualificado. Quanto ao Pronatec, que se use outro órgão para tal fim. Por fim, vitória de que seu João? A QNR/QNQ merecem respeito, merecem qualidade de vida e merecem muito mais. Policiamento? Onde? Como? Sem efetivo. E as promoções para os policiais que ainda estão na polícia? Dezembro ou Abril de 2018? Perguntar "num" ofende.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?