**

sábado, 13 de maio de 2017

Dilma Rousseff de volta à clandestinidade.

Dilma Rousseff escolheu o codinome Iolanda para seu e-mail clandestino por causa da mulher do general Costa e Silva, Iolanda Barbosa.
Iolanda Barbosa foi primeira-dama do Brasil de 1966 a 1969. Naquela época, Dilma Rousseff estava na clandestinidade, na luta contra o regime militar.
O e-mail secreto para se comunicar com João Santana, na luta contra a Lava Jato, certamente recordou-lhe os tempos da clandestinidade.
Na luta armada, Dilma Rousseff participou do assalto ao cofre de Adhemar de Barros. No poder, ela participou do assalto ao cofre da Petrobras.
Um mês depois que Iolanda Barbosa saiu do Palácio do Planalto, Dilma Rousseff foi presa. Ela poderá ser presa novamente agora, 47 anos mais tarde, por causa do e-mail em nome de Iolanda Barbosa.
Os marxistas gostam de dizer que a história se repete como farsa. Nunca houve um caso mais flagrante do que esse.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?