domingo, 14 de maio de 2017

Doria tucaniza.

"O Lula precisa ser derrotado antes nas urnas, para então se tornar apenável”.
Foi o que disse o prefeito paulistano João Doria Jr., segundo Eliane Catanhêde, na quinta-feira (11), dia seguinte ao interrogatório do comandante máximo.
O raciocínio: se Lula fosse preso agora, usaria isso a seu favor, posaria de vítima, mobilizaria boa parte da sociedade brasileira e até líderes internacionais. E ainda abusaria da versão de que só estaria sendo preso para não poder voltar à Presidência. “Um novo golpe”, gritariam os petistas.
“Deixem o Lula concorrer e ser derrotado. Ele precisa ser condenado primeiro pelo povo e só depois pela Justiça, não o contrário. É assim que ele tem de entrar para a história”, disse Doria.
Da última vez que tucanos como FHC (em vez de pedir o impeachment pelo Mensalão em 2005) quiseram deixar Lula sangrar, ele foi reeleito e fez a sucessora por dois mandatos.
Felizmente, a Lava Jato não depende do PSDB.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?