**

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Ela apareceu. Marina Silva: PT, PSDB e PMDB se uniram para desmoralizar Lava Jato.


poder360
Os 3 principais partidos políticos brasileiros passaram a agir em conjunto para desmoralizar a Lava Jato. Assim opina a porta-voz nacional da Rede Sustentabilidade, Marina Silva. Ela disse ainda não acreditar em abusos da parte dos investigadores e elogiou a ação de procuradores e juízes.
É viável 1 “grande acordo nacional” para “estancar a sangria” e acabar com as investigações de corrupção? “Eles [os principais partidos] estão tentando”, diz Marina Silva.
“Exatamente aqueles que nunca se uniram em função de causas para o Brasil agora se unem em favor de detratar a Lava Jato. E de tomar medidas para enfraquecê-la”, diz ela. Ela cita o projeto contra o abuso de autoridade, aprovado no fim de abril no Senado, e o engavetamento das 10 medidas contra a corrupção.
Sem nominá-los, Marina critica políticos que estão tentando se colocar desde já como alternativas em caso de eleições antecipadas. E refuta a acusação de que ela desaparece fora dos períodos eleitorais. O comentário, segundo ela, é “estratégia autoritária” de seus adversários.
A líder da Rede diz porém que é legítimo apresentar-se já como pré-candidato para 2018. Ela própria é vista dessa forma pelo mundo político, embora tenha perdido fôlego nas últimas pesquisas.
Em pouco mais de 20 minutos, a ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente voltou a defender a cassação da chapa Dilma-Temer pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e a convocação de eleições diretas antecipadas e criticou a gestão ambiental de Michel Temer (“está aprofundando os retrocessos” da época de Dilma Rousseff).
Marina Silva também comentou figuras em evidência no Brasil atual. Joesley Batista é “campeão nacional da corrupção”; Lula “trocou 1 projeto de país por 1 projeto de poder” e João Doria é “o porta-voz da ambiguidade política”(...)
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?