**

sábado, 13 de maio de 2017

Foto publicada no perfil de Gleisi Hoffmann no Facebook revela fiasco do PT em Curitiba.

Lava-Jato: foto publicada no perfil de Gleisi Hoffmann no Facebook revela fiasco do PT em Curitiba
Afundando cada vez mais na lama do Petrolão, a senadora Gleisi Helena Hoffmann (PT-PR) acabou dando testemunho involuntário sobre o fiasco em que se transformou manifestação do PT em Curitiba, que contou com rápido discurso de Lula após depoimento ao juiz Sérgio Moro, responsável na primeira instância da Justiça Federal pelos processos da Operação Lava-Jato.

Com a confirmação do depoimento de Lula para quarta-feira (10), petistas e integrantes da esquerda colérica se mobilizaram para levar à capital paranaense 100 mil militantes, com o objetivo de apoiar Lula, o dramaturgo do Petrolão, que de igual modo está sendo dragado pelas investigações sobre escândalos de corrupção.

Depois do alarde feito por lulistas, dias atrás, o número de militantes que supostamente seguiriam para Curitiba caiu pela metade – 50 mil. Tal informação obrigou o governo do Paraná a montar um esquema de segurança reforçado na região próxima ao prédio da Justiça Federal em Curitiba, colocando nas ruas mais de dois mil policiais militares.
A Polícia Militar do Paraná calculou em 5 mil pessoas presente na manifestação, com direito a discurso de Lula, na Praça Santos Andrade, no centro de Curitiba. Por outro lado, os petistas, que dependendo da situação dão as costas aos básicos ensinamentos aritméticos, falaram em 50 mil militantes.

A anoréxica manifestação a favor de Lula permite várias interpretações, como, por exemplo, a falta de confiança até mesmo dos “aduladores de aluguel” no ex-presidente, o rápido encolhimento da capacidade de mobilização do PT e o impacto da crise econômica na organização e realização de protestos e badernas supostamente com viés ideológico.

Mesmo insistindo na exagerada estimativa do número de manifestantes que compareceram ao ato, a “companheirada” foi desmentida por foto publicada por Gleisi Helena em seu perfil no Facebook. A imagem mostra de forma inequívoca que menos de um terço da Praça Santos Andrade (considerada pequena em termos de área) estava ocupado no momento culminante do discurso de Lula.

Na melhor das hipóteses, o número de manifestantes terá chegado a 3 mil. Um fiasco extraordinário para quem ameaçou submeter a cidade de Curitiba ao terror petista. Esse cálculo é facilmente comprovado pelo número de ônibus (13) que chegaram à capital paranaense com a claque de aluguel. (Ucho.Info).
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?