segunda-feira, 5 de junho de 2017

Defesa de Lula tenta impedir depoimento de Emílio Odebrecht.

   
Ernesto Neves
Logo no início do testemunho do empreiteiro Emilio Odebrecht contra o ex-presidente Lula, na tarde desta segunda (5), em Curitiba, a defesa do ex-presidente Lula pediu para que o depoimento fosse adiado.
Segundo o advogado Cristiano Zanin, o depoimento deveria ser remarcado devido ao “cerceamento da defesa”, que seria decorrente da inclusão de novo material ao processo. Zanin disse ainda que há um habeas corpus contra o depoimento, que esperava para ser apreciado.
Moro negou o pedido.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?