domingo, 4 de junho de 2017

"Ronan ia entregar Lula como mentor do assassinato de Celso Daniel".

A Veja traz uma reportagem sobre as conversas que a deputada tucana Mara Gabrilli teve com Marcos Valério, no ano passado, sobre a chantagem que Ronan Maria Pinto fez com Lula:
"A primeira conversa de Valério com a deputada foi no dia 11 de outubro. Ela foi ao presídio atender às reivindicações de presos portadores de necessidades especiais e encontrou o publicitário em uma das celas. No ano passado, Mara, que é filha de um empresário que foi extorquido pela quadrilha que atuava na Prefeitura de Santo André, tinha entregado ao juiz Sérgio Moro um dossiê sobre o assassinato. No dia 3 de abril, Mara enviou um ofício ao procurador de Justiça de São Paulo, Gianpaolo Smanio, narrando as conversas com o publicitário e pedindo andamento às investigações do crime.
'Ele (Valério) deixou muito claro que o senhor Ronan Maria Pinto ia entregar o senhor Luiz Inácio Lula da Silva para a polícia como mentor do assassinato do prefeito Celso Daniel', escreveu a deputada."
Sempre lembrando que nenhum dos diretamente envolvidos nessa história é confiável.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?