quinta-feira, 1 de junho de 2017

STF abre inquérito contra Jucá por corrupção nos Correios.


veja
Membro da Comissão de Ética do Senado, Romero Jucá deve juntar mais um inquérito aos outros oito pelo qual responde. O ministro do STF Dias Toffoli autorizou a investigação contra o senador por corrupção e peculato na Confederação Brasileira de Tênis.
O inquérito foi aberto porque a a ex-contadora da CBT, Katia Freitas Mueller, compareceu à PGR em São Paulo e prestou um depoimento sobre supostas práticas ilícitas na entidade. Na ocasião, ela apresentou uma série de documentos, dentre eles uma anotação com o seguinte texto: “Contato em Brasília: – 1 verba que vai direto para um senador”.
Até então, a investigação não tinha no radar relações pouco republicanas entre a entidade e figuras graúdas de Brasília — apenas o ex-presidente da CBT Jorge Lacerda da Rosa.
Com o avanço das investigações, descobriu-se que o tal senador era Jucá e o esquema montado foi a intermediação do contrato de patrocínio dos Correios em benefício da CBT. Pelo lobby, sua excelência teria recebido propina no valor de 10% do acordado entre as duas instituições. Entre 2014 e 2016, o contrato foi de 17 milhões de reais anuais (ou seja: 1,7 milhão ao ano). De acordo com a denúncia, os valores  eram pagos a um dos assessores de Jucá, Alexandre Jardim.
Hoje, Toffolli autorizou o inquérito e deu vinte dias para que o senador, caso queira, apresente resposta à acusação.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?