quarta-feira, 12 de julho de 2017

Assim como Temer, Lula também mexeu na CCJ.


De acordo com a coluna Estadão, o  ex-presidente Lula também lançou mão do troca-troca na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara para alterar o placar de acordo com seus interesses. Mas ninguém superou o atual governo. Em dezembro de 2016, o Planalto patrocinou 34 trocas no colegiado para aprovar a reforma da Previdência e o projeto de terceirização. No processo para tentar rejeitar a abertura de processo contra Temer, já são 13 as trocas. O recorde no governo Lula foi em 2003, quando foram feitas 21 mudanças também para aprovar reforma previdenciária.
Não recomendo. Em junho de 2016, Eduardo Cunha patrocinou a troca de 17 deputados na CCJ para evitar a cassação do seu mandato. Acabou derrotado mesmo assim.
Ela também. O deputado Mauro Pereira (PMDB-RS) fez o levantamento na gestão Dilma. Em 2014, foram 16 trocas na CCJ; 27 em 2015 e 34 em 2016. A petista foi afastada do mandato em maio do ano passado.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?