quinta-feira, 13 de julho de 2017

Zveiter critica troca de membros na CCJ e diz que decisão será no plenário.

Brasília - Os deputados Rodrigo Pacheco e o relator Sergio Zveiter durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara para discutir o parecer favorável à denúncia contra o presidente Michel Temer ( 
Débora Brito
O deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ), relator da denúncia contra o presidente Michel Temer que tramita na Câmara, criticou duramente hoje (13) as manobras da base aliada do governo para derrotar o parecer apresentado por ele na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).
Em seu relatório, Zveiter apresentou voto favorável ao prosseguimento no Supremo Tribunal Federal (STF)  da acusação apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Temer pelo crime de corrupção passiva. Seu parecer deverá passar por votação ainda hoje e, se for derrotado, será substituído por outro com mérito divergente, ou seja, contra a admissibilidade da denúncia.
O relator se manifestou logo após o encerramento dos debates na CCJ, em que mais de 90 deputados discursaram com argumentos favoráveis ou contrários ao parecer. Em 20 minutos, destoando da postura mais discreta que vinha adotando até o momento, Zveiter fez declarações de forma enfática e reafirmou seus argumentos a favor da autorização para que a denúncia seja investigada pelo STF.  O relator reiterou, em boa parte do discurso, que a denúncia da PGR apresenta indícios “seríssimos” contra o presidente e que, por isso, deveria ser investigada para esclarecimento dos fatos à sociedade.
Troca na CCJ
O relator criticou a estratégia governista de trocar mais de 20 membros da comissão para garantir a maioria dos votos que possam derrubar o parecer. “A derrota que se afigura hoje aqui é uma derrota que foi montada artificialmente. Uma derrota aqui não vai ser do parecer, vai ser a derrota do povo brasileiro que quer uma política limpa, honesta, correta, que repudia que deputados eleitos livremente pelo voto se submetam as manobras de oferecimento de emendas parlamentares e cargos”, declarou.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?