sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Disputa por comida agrava violência na Venezuela, que tem 73 mortes por dia.


Crise se agrava e crianças morrem de fome na Venezuela

CARACAS - A grave crise econômica e a escassez de alimentos mantiveram os índices de violência na Venezuela entre os mais altos da América Latina em 2017. Segundo levantamento anual divulgado nesta quinta-feira, dia 28, pelo Observatório Venezuelano de Violência (OVV), no ano passado, 26.616 pessoas foram assassinadas, uma taxa de 89 vítimas a cada 100 mil habitantes – a segunda maior da América Latina, atrás apenas de El Salvador. 
 Do total de mortes, segundo o Relatório Anual de Violência 2017, 16.046 correspondem a homicídios – 5.535 a assassinatos por resistência à autoridade e 5.035 mortes ainda sob investigação. O número de homicídios ficou praticamente estável em relação ao ano passado, com uma queda de 3%. Ainda assim, foram mais de 73 mortes por dia. Em 2017, três fatores foram determinantes para a violência na Venezuela, segundo o relatório: a queda vertiginosa da qualidade de vida dos venezuelanos, a dissolução sistemática do estado de direito no país e o aumento da violência e da repressão por parte do Estado.  
 “Aumentou a violência entre os cidadãos. Há uma nova forma de criminalidade, inédita no país, vinculada à agressividade pela concorrência por bens e serviços, à fome e à escassez de bens e produtos alimentares”, afirmou o sociólogo Roberto Briceño-León, diretor da OVV.  
 “O mais espantoso dos dados de 2017 são as causas de algumas das mortes, provocadas por disputas por alimentos e até entre integrantes da mesma família”, disse Briceño-León. “Muitas vezes, essas disputas familiares levam à violência doméstica, quando os membros da família discutem pelos poucos alimentos que há no lar, o que tem levado à situações difíceis, duras e à algumas mortes violentas.” 
 Segundo a OVV, a grave crise institucional também ajuda a aprofundar a violência. “A Venezuela passou a ser um país que tem duas assembleias nacionais (o Parlamento e a Constituinte), dois ministérios públicos e dois supremos tribunais de justiça”, diz Briceño-León. “Passou a haver dois mecanismos para produzir normas e leis. É uma sociedade que não tem mecanismos de controle civilizado da violência.” 
 A prova disso, segundo ele, é o alto número de mortes por resistência à autoridade. O estudo indica que, em média, a cada semana, morrem 106 pessoas por ações de policiais ou militares. Em contrapartida, ao menos 438 agentes de segurança foram assassinados em todo o país. “Se os bandidos matam os policiais, os policiais vão matar os delinquentes”, afirmou o diretor da OVV. “A cifra deixa claro que os policiais não confiam no Judiciário da Venezuela e fazem justiça com as próprias mãos.”
Crítica. O governo venezuelano criticou o levantamento e divulgou os dados oficiais de homicídios no país nesta quinta-feira, dia 28, quase ao mesmo tempo que a OVV. Por meio de sua conta no Twitter, o ministro venezuelano do Interior e Justiça, Néstor Reverol, afirmou que 14.389 pessoas foram assassinadas em 2017 – uma taxa de 46,4 mortos por cada 100 mil habitantes, quase a metade do índice registrado pela OVV. “Conseguimos reduzir os delitos em 20,9% e continuaremos a trabalhar arduamente para reduzir a violência no país”, escreveu Néstor. / AFP, EFE e REUTERS 
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈? 

ONU proíbe acesso de quatro navios norte-coreanos a portos do mundo.


O Conselho de Segurança da ONU proibiu nesta quinta-feira o acesso a portos do mundo de quatro navios norte-coreanos suspeitos de transportar ou ter transportado mercadorias vetadas por leis internacionais contra Pyongyang, informaram fontes diplomáticas à AFP.
Tratam-se dos cargueiros Ul Ji Bong 6, Rung Ra 2, Sam Jong 2 e Rye Song Gang 1, segundo estas fontes. A proibição tinha sido solicitada pelos Estados Unidos e compreendia dez barcos de diferentes origens, mas a China aceitou sancionar apenas os norte-coreanos, disseram estes diplomatas sob condição de ter sua identidade preservada.
 “Apenas quatro navios foram designados” para a proibição, “mas o procedimento permanece aberto” para os outros seis, disse um dos diplomatas.
Além dos barcos norte-coreanos, a lista apresentada por Washington incluía os petroleiros Lighthouse Winmore, com bandeira de Hong Kong, Billions No. 18 (Palau), os cargueiros Xin Sheng Hai (Belize) e Kai Xiang (Hong Kong), e os navios Yu Yuan (China) e Glory Hope 1 (também identificado como Orient Shenyu, Panamá).
Nos dias 5 de agosto e 11 de setembro, o Conselho de Segurança decidiu, a pedido dos Estados Unidos, uma sétima e uma oitava bateria de severas sanções econômicas contra a Coreia do Norte, depois que Pyongyang realizou testes balístico e nuclear.
Em 5 de agosto, a ONU proibiu as exportações norte-coreanas de carvão, ferro e pesca.
Em sua resolução, previa também a proibição da entrada no porto de navios com mercadorias proibidas, com exceção de ajuda humanitária decidida com antecedência pelo Comitê de Sanções.
A resolução de 11 de setembro proibiu os países membros de importar têxteis norte-coreanos, de participarem em empresas mistas com Pyongyang e impôs limites às entregas de petróleo à nação governada por Kim Jong-Un.
No começo de outubro, este comitê havia identificado quatro navios que transportavam mercadorias proibidas. Essas embarcações foram sancionadas com uma medida de interdição de portos.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Problemas para mijar mas...

Charge do Amarildo - 29/12/2017

Carminha se prepara para soltar Lula. Pasmem.

Cármen Lúcia já está preparando o terreno para tirar Lula da cadeia.
Leia um trecho da coluna de Merval Pereira:
“Circula em Brasília a informação de que a ministra Carmem Lucia já revelou em conversas reservadas que concederá um habeas corpus se a defesa de Lula chegar ao STF.
Ela não comentou diretamente, mas ao site O Antagonista, que divulgou essa versão, garantiu que defende o direito de liberdade de expressão. A presidente do Supremo não poderia desmentir ou confirmar a informação, pois estaria adiantando sua decisão, mas não é improvável que evite a prisão imediata de Lula, embora possa provocar reações negativas na opinião pública.
A aparente incongruência, pois Carmem Lucia foi um dos votos favoráveis à permissão de prisão após condenação em segunda instância, sem necessidade de aguardar o trânsito em julgado, teria explicação na prudência, como alegou o Juiz Sérgio Moro ao condená-lo a nove anos e seis meses por lavagem de dinheiro e corrupção passiva no caso do tríplex do Guarujá.”
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Incêndio em Nova York deixa 12 mortos.

EFE
Pelo menos 12 pessoas morreram nesta quinta-feira (29) por causa de um incêndio em um prédio de apartamentos do distrito nova-iorquino do Bronx. As informações são da EFE.
O fogo começou às 19h horário local (22h em Brasília) e se espalhou rapidamente. Quase 200 bombeiros foram chamados para combater as chamas.
O prefeito da cidade, Bill de Blasio, confirmou a morte de 12 pessoas e afirmou que, além disso, há quatro feridos em estado crítica.
"Este é o pior incêndio que vimos na cidade em pelo menos um quarto de século", acrescentou de Blasio em declaração aos jornalistas perto do local do incêndio.
Segundo o chefe dos bombeiros, Daniel Nigro, o mortos têm entre um ano e 50 anos de idade. Três das vítimas eram membros de uma mesma família, segundo as fontes oficiais.
O Bronx é um distrito de Nova York com forte presença de residentes da comunidade latina.
Nigro, que acompanhava o prefeito, disse que ainda é cedo para determinar o que deu início às chamas.
O incêndio, que se prolongou durante duas horas antes que pudesse ser controlado pelos bombeiros, aconteceu perto do zoológico do Bronx, em uma noite especialmente fria na cidade.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Com a encenação, Maluf chegou a enganar muita gente, menos os médicos e juízes.

Resultado de imagem para maluf presoResultado de imagem para maluf preso 
Carlos Newton
A Tribuna da Internet se caracteriza por ser um espaço democrático, no qual os participantes expõem suas opiniões livremente e com a maior franqueza. Constata-se aqui a evidência do “brasileiro cordial”, identificada pelo grande jornalista, sociólogo e historiador Sérgio Buarque de Hollanda em sua obra mais conhecida, “Raízes do Brasil”. No caso da prisão de Paulo Maluf, por exemplo, muitos comentaristas defenderam a tese de que ele deveria ser beneficiado pela prisão domiciliar, devido a seu precário estado de saúde.
Essa visão humanitária é louvável e necessária. A aplicação da Justiça jamais pode ter conotações de vingança, as punições precisam sofrer limites. No caso de Maluf, porém, montou-se uma grande farsa, porque seu estado de saúde nada tem de precário.
FALSO CÂNCER – Como dizia Nelson Rodrigues para alfinetar seu grande amigo Otto Lara Resende, o mineiro só é solidário no câncer. E foi justamente o alardeado argumento de que Maluf estaria com câncer na próstata que causou maior comoção às pessoas de bem que nunca estiveram pessoalmente com o político e não sabem do que ele é capaz.
Agora, com o minucioso laudo do Instituto Médico-Legal, ficou confirmado que Maluf não tem câncer. Pelo contrário, operou e extraiu a próstata em dezembro de 1997 e não ocorreu remissão – o paciente está curado. Mas é claro que ficaram sequelas, como a incontinência urinária, que obriga o parlamentar a usar fraldas geriátricas. Mas isso não é motivo para não cumprir pena. Afinal, se o ministro Eliseu Padilha pode trabalhar normalmente nessas condições, comparecendo todo dia ao Planalto, por que Maluf não poderia passar férias numa colônia penal, como diria Jorge Benjor?

QUASE INVÁLIDO – Houve também quem se compadecesse ao ver as imagens de Maluf trôpego, usando muleta e sendo apoiado por agentes federais. Mas era tudo encenação. Maluf nunca foi visto de muleta na Câmara, onde usava uma discreta bengala e se movimentava por todo canto, sem a menor dificuldade.
Nos aeroportos de Congonhas e Brasília, jamais foi visto embarcando ou desembarcando em cadeira de rodas, que é obrigatória para passageiros com problemas de mobilidade, que têm de sentar sempre na primeira fila.
FILMAGENS REVELADORAS – Quando foi se apresentar às autoridades, as televisões filmaram Maluf andando até o carro e entrando pela porta traseira, sem ajuda de ninguém. E a muleta estava dentro do veículo. Além disso, ele calçava sapatos sociais pretos, e quem tem problemas para caminhar sempre usa tênis ou sapatos especiais, com sola de borracha, para não escorregar.
Ao sair do carro, na Polícia Federal, Maluf mal podia ficar em pé, usava a muleta e pedia ajuda a quem estivesse próximo, como se realmente não conseguisse andar. Foi um quadro capaz de causar compaixão e até revolta ao brasileiro cordial. Mas era só uma impactante encenação. Por seu desempenho, Maluf até faz por merecer o Oscar de Ator Coadjuvante, pelo menos.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

A candidatura do condenado. Só fondo mermo. kkkkkkkk

O PT marcou para o dia seguinte ao julgamento de Lula no TRF-4 uma reunião da executiva para “relançar a candidatura” de Lula à Presidência.
Segundo a Folha, o partido convocou deputados, senadores e governadores para o evento – que será realizado independentemente da decisão dos desembargadores.
Será “um gesto de resistência”, dizem. Resistir à prisão é crime, viu.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

PM recupera carro de Maria do Rosário e senador Lindbergh protesta contra a rapidez da prisão dos bandidos. Tal rapidez, será a mesma no ano que vem em não te reeleger, isso se você não for preso até lá.

Resultado de imagem para imagem do lindbergh 
BRASÍLIA – O senador Lindbergh Farias protestou mais uma vez contra a celeridade da justiça brasileira.
Pretérito denunciador da celeridade do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que aprazou para janeiro de 2018 o julgamento do recurso do ex-presidente Lula, que pretende ter reformada sentença que o condenou a exatamente alguns anos de xilindró, Lindbergh assomou à tribuna do Senado para reclamar dos policiais que em menos de 24 horas encontraram o carro de sua companheira de partido Maria do Rosário.
Rosário foi vítima de assalto na noite de ontem, quando dois de menor que não tiveram oportunidades sociais decidiram socializar o carro da petista.
 "Ao saber que o veículo havia sido encontrado e os meliantes presos em tempo recorde, Lindbergh se irritou e declarou que “Uma prisão tão rápida assim só pode ser perseguição política. Eu não sei, mas se esses cidadãos tiverem a pretensão de disputar a presidência da República ano que vem, certamente ficarão prejudicados, o que é um atentado à democracia”.
 Em contato com a nossa a reportagem, os ladrões afirmaram que não haviam pensado antes em disputar as eleições do ano que vem, mas que, após a sugestão do senador, estão pensando no caso.
* Sugerido por Marcelo Porto
Ponto de Vista: Ô senador burro. Aff... Já pensou um ladrão (comum) disputar as eleições e ganhar e ficar no lugar de um senador? De repente até dá certo e o infeliz faz as coisas certas. KKKKKKKKKK 
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Orégano na cocaína. Não é uma inovação culinária. Longe disso. KKKKK

O antagonista
A Polícia Federal e agentes da Receita apreenderam hoje 280 quilos de cocaína na alfândega do Porto do Rio, com a ajuda do cão farejador Black.
A cocaína havia sido colocada dentro de malas de viagem escondidas atrás de blocos de concreto pré-fabricados. Segundo a PF, agentes suspeitaram do alto valor declarado para uma carga de “material de construção” que iria para a Espanha.
Os tabletes de cocaína estavam envolvidos em plásticos com orégano, numa tentativa –frustrada– de dificultar a detecção da droga pelo cão farejador.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Temer estuda editar novo decreto de indulto. Santa Paciência!

Apesar de ter dito que a decisão de Cármen Lúcia “mantém a essência” do indulto natalino de Michel Temer, Torquato Jardim afirma que o governo estuda editar um novo decreto.
O ministro da Justiça declarou à TV Globo que a ideia é estabelecer novos critérios para contemplar os condenados que ficaram de fora do indulto após a liminar concedida pela presidente do STF.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Tornozeleira eletrônica aparece em cavalo no Paraná. Coitado do cavalo.


foto portal a rede.
A Secretaria de Segurança Pública do Paraná informou ter retirado hoje uma tornozeleira eletrônica colocada na pata de um cavalo em Ponta Grossa.
Segundo a secretaria, o aparelho estava desativado desde fevereiro, e o preso que originalmente portava a tornozeleira –cujo nome não foi divulgado– hoje cumpre pena no regime semiaberto.
Não se sabe como o aparelho foi parar na pata do cavalo, que não se pronunciou sobre o caso. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Lula e Bolsonaro, na velha luta de classes do Brasil da senzala e da casa grande.

Resultado de imagem para lula e bolsonaro 
Mauro Santayana
O Datafolha acaba de divulgar análise estatística multivariada sobre a base de dados da última pesquisa nacional de intenção de voto, com o objetivo de identificar nichos da população brasileira em que são observadas altas concentrações de eleitores dos dois principais candidatos à Presidência da República até o momento.
Nenhuma grande surpresa. Entre garotos brancos escolarizados de até 24 anos – com uma compreensível ignorância que advêm também da idade e uma enorme penetração nas redes sociais – Bolsonaro é majoritário.
Quando a idade sobe para mais de 33 anos – a idade de Cristo – o desempenho do ex-capitão cai e Lula ganha disparado entre os nordestinos de modo geral e entre mulheres mais velhas negras e de menor renda, que ainda não usam todos os recursos de seus celulares, mas têm título de eleitor e não dão bola para as redes sociais.
ELEITOR CONTRADITÓRIO – O eleitor de Bolsonaro é contraditório. Conservador em itens como segurança e corrupção, defensor – “bandido bom é bandido morto” – do desempenho violento e genocida da polícia no combate aos crimes da “periferia” – custe o que custar – onde, ironizando, diz que segundo os “direitos dos manos” só moram “santinhos” – e no país em que a polícia mais mata no mundo, apoiador de que se armem os “homens de bem” contra “vagabundos”, ele não é, paradoxalmente, contra a  descriminalização da maconha ou, a priori, do aborto.
As velhas senhoras de Lula são, poderíamos dizer, mais coerentes. Elas sabem – sem necessitar conhecer precisamente os números – que o salário mínimo aumentou de 81 para quase 300 dólares depois que Lula foi eleito, que a renda per capita saiu de 2.810 dólares em 2002 para 10.183 dólares em 2015, e que a economia cresceu, também segundo o Banco Mundial,  praticamente 5 vezes, de 504 bilhões de dólares em 2002  para quase 2.4 trilhões de dólares em 2014.
Que o preço do gás – e da gasolina – ficou praticamente sob controle durante anos e que foram construídas no nordeste mais de um milhão de cisternas, e, em todo o país, quase 3 milhões de casas populares.
ACUSAÇÕES – Lula desistiu de comprar um apartamento que hoje pertence à Caixa Econômica Federal. Bolsonaro desistiu de receber doação de campanha de uma empresa investigada por corrupção, e estornou dinheiro ao partido, pegando com o partido uma quantia do mesmo valor.
Lula é acusado de beneficiar seus parentes. O irmão de Bolsonaro, que recebia, segundo noticiado pelo SBT, mais de 17.000 reais como funcionário da ALESP – enquanto administrava uma rede de lojas de venda de móveis de sua propriedade no interior de São Paulo – foi demitido quando veio à tona o fato de que ele, apesar de receber esse montante, não estava comparecendo ao “trabalho”.
Lula é acusado por seus inimigos de dizer que “não sabia de nada”. Bolsonaro negou ter conhecimento do “emprego” do irmão, dizendo a mesma coisa.
LULA E BOLSONARO – Para a “justissa” da República de Curitiba e os jovens eleitores do messiânico ex-capitão do Exército, Lula é um bandido condenado e Bolsonaro – que, assim como Lula, do nosso ponto de vista, não deveria ser incomodado pela “justissa” nem devido aos erros do irmão nem pelo financiamento de campanha – é paradigma de honestidade.
O primeiro corre o risco de ser proibido de ser candidato, enquanto o outro corre o risco de ser eleito presidente da República devido justamente à descarada, já anunciada,  interferência da “justissa” no processo político e eleitoral brasileiro, impedindo uma disputa direta por livre manifestação popular e que vá para o Palácio do Planalto aquele que tiver mais votos.
O estudo do Datafolha esclarece o porquê da diferença e o que está por trás de Lula estar na frente das pesquisas para a eleição presidencial do próximo ano.
OH! SURPRESA! – Quem é maioria entre os procuradores da Operação Lava Jato, com suas fotos posadas, seus impecáveis penteados – na cabeça só gumex – e seus armanianos ternos?
Oh! Surpresa! Na maioria dos casos, jovens brancos, de alta renda, preconceituosos, conservadores, “escolarizados”, que passaram em concurso graças a cursinhos pagos pelos pais, ou, em certos casos, por moverem, com a ajuda deles, ações, ou as senhoras de baixa renda que compõem, com outros segmentos menos favorecidos, a maioria da população brasileira?
O que existe por trás da campanha jurídico-midiática contra Lula, em plena marcha no Brasil deste momento? Sem querer ser simplista ou ignorar outros fatores – no fundo, no fundo – é a mesma e velha luta de classes, senhores. É o Brasil sendo o Brasil da Senzala e da Casa Grande.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Carmem Lúcia suspende Indulto de Natal. Amém!!!!!! Cuidado pro Gilmar Mendes não autorizar novamente e falar que você não manda em nada.

NO STF, CARPETES NOVOS E SUJEIRAS VELHAS. AFF...FALA ALGUMA COISA CARMINHA.

Lauro Jardim informa que o STF abriu edital para trocar os carpetes, por R$ 370 mil.
Serão 200 m² para as salas das turmas e outros 397 m² para túneis de acesso, elevador privativo, escada e outros espaços.
O problema do STF não é o carpete, mas a sujeira varrida para debaixo dele.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

POLICIAL AMERICANO E POLICIAL BRASILEIRO. PURA VERDADE.

O otimismo de José Dirceu. Ocêis naum lembra? Lembrô? Que bão! É aquele infeliz mermo. kkkk era só o que fartava. Vá morar com a Day Mccarthy inseto ruim. kkkkkkk

Resultado de imagem para jose dirceu em brasilia
Embora esteja em prisão domiciliar em Brasília, por condenação na Lava Jato que já foi até confirmada por unanimidade pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, o ex-ministro José Dirceu continua firme em suas atividades política e nesta segunda-feira, dia 25, voltou a publicar um artigo de política no blog Nocaute, do jornalista e escritor Fernando Morais. No texto, Dirceu nos dá uma visão extremamente otimista sobre os as “vitórias” do PT no ano de 2017 e suas perspectivas de voltar ao poder em 2018.
###
O PT AVANÇOU EM 2018
José Dirceu
Blog Nocaute
Meus amigos e minhas amigas do Nocaute, um bom dia, feliz Natal, minha gratidão pelo apoio e pela solidariedade durante este ano.
Um ano de grandes avanços, por incrível que pareça. Você pode se perguntar: “Mas com este governo golpista, mas com estas contrarreformas, com este avanço do conservadorismo?”. Não. Nós vencemos. Lula é o candidato da maioria dos brasileiros e sua rejeição é a menor entre todos os candidatos. Nós estamos aqui lutando, e a luta está avançando inclusive na agenda.
Eles apresentaram a agenda das contrarreformas, a terceirização, a precarização do trabalho, a violação dos direitos trabalhistas, o fantasma da reforma da Previdência, “única responsável pelo déficit público”, o que nāo é verdade.
DÍVIDA INTERNA – O déficit público é causado pelos juros da dívida interna. O déficit público é causado pela estrutura tributária que temos, onde paga mais quem ganha menos, e paga menos quem ganha mais.
Por que pagamos 10% de juros na dívida pública quando no mundo todo o juros é praticamente negativo, de 1% ou 2%? Por que gastamos 250, 300, 350 bilhões de reais com a dívida pública?
Porque os bancos, com uma inflação de 2.8%, uma taxa Selic de 7%, continuam cobrando os juros que você conhece. Você, sua família, sua empresa: 250% no cartão de crédito, 350% no crédito rotativo, 100% no crédito ao consumidor, 30%, 40% no crédito consignado, desconto de duplicata, de nota promissória.
QUEM NOS GOVERNA – Por quê? Porque eles é que governam, o capital financeiro bancário. O 1% da minoria que se beneficia dos juros de 10% da dívida pública. São eles quem ditam as leis para o Congresso, onde o poder econômico é quem manda, porque não quiseram fazer a reforma política do financiamento público e do voto em lista.
Eles é que governam porque financiam a mídia através da publicidade e ela defende as suas contrarreformas. O que nós precisamos é de um novo Congresso Nacional. Nós precisamos eleger um governo que defenda essa agenda da reforma tributária, da reforma do sistema bancário financeiro, a redução drástica de juros no Brasil.
O Brasil empresta 3.4 trilhões de reais por ano. Eles recebem 800 bilhões em juros. Único no mundo. É esse cartel bancário, esse monopólio da mídia, esse congresso que deu o golpe e usurpou o poder é que são, na verdade, os nossos adversários.
Por isso a minha mensagem é de otimismo para 2018. Um feliz Natal e vamos à luta!
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

VOCÊS CONHECEM A SECRETÁRIA DO SATANÁS? O TOMBO DELA SERÁ GRANDE. RESPEITE OS EVANGÉLICOS, CATÓLICOS ETC...QUE DEUS SEJA LOUVADO.

Fonte youtube

Marun, um subornador, esquece que 904 mil pessoas estão na fila do SUS.

 
Pedro do Coutto
O ministro Carlos Marun, evidentemente falando em nome do presidente Michel Temer, revelou a existência de um projeto de suborno e chantagem a deputados e senadores mediante seus votos no Congresso Nacional para a reforma da Previdência, cuja data está marcada para 19 de fevereiro. O suborno inclui financiamentos a serem liberados pelo Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e BNDES. A revelação do ministro da Articulação Política do Governo não poderia conter cinismo maior. O próprio Marun acentuou tratar-se de um caso de reciprocidade. Incrível.
O ministro ressaltou também que o BB, a CEF e o BNDES são órgãos do governo. Não explicou que a concessão de financiamentos e empréstimos cabe às presidências e diretorias dos três bancos. Deixou claro que não se trata de análise para concessão de créditos e sim da seleção dos deputados e senadores à base de seus votos.
TUDO GRAVADO  –  Na noite de terça-feira, o Jornal Nacional da Globo mostrou a gravação contendo as declarações do deputado, hoje investido de ministro, confirmando com naturalidade a proposta de suborno. A Globonews também  colocou no ar a matéria. E o assunto, nesta quarta-feira, foi objeto de reportagem de Letícia Fernandes, O Globo, e de comentário de Miriam Leitão destacando o comportamento negativo de alguém que publicamente assume uma proposta de subornar aqueles que podem depender do Executivo para obter lucros e vantagens. A entrevista de Carlos Marun foi um desastre para o Palácio do Planalto.
Vai causar uma forte reação daqueles que vão votar o projeto do governo. Não pode ser o contrário, a menos que os parlamentares aceitem a sinuosa colocação feita pelo ministro da Articulação Política. A diferença é grande: uma coisa é articular, outra é subornar.
CAOS NA SAÚDE – Mas eu disse que Carlos Marun  não conhece, ou não deseja conhecer, a realidade da saúde pública no país.  O Conselho Federal de Medicina revelou em sua publicação mensal que no país existem 904.000 pessoas aguardando uma cirurgia na fila interminável do SUS. Esse número foi constatado no período janeiro a início de novembro deste ano. A publicação me foi entregue pelo médico Pedro Campello.
Há casos em que a espera alonga-se por 10 anos. Muitos morrem à espera de atendimento, isso em todo o país. Carlos Marun não pode desconhecer o assunto porque ele é objeto de reportagem de Adriana Dias Lopes na revista Veja que está nas bancas.
Portanto, a tentativa de suborno, de outro o atestado irrefutável da omissão e do desrespeito à condição humana.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

SER ASSALTADA POR VÍTIMAS DA SOCIEDADE, REALMENTE NÃO TEM PREÇO.😂

😂

E a reforma da previdência??? Sou contra! KKKKKKKKKKK

Charge do Amarildo - 28/12/2017

Mesmo sem aprovar a emenda, Temer tem outros meios de reformar a Previdência. Tomara que não consiga.

Imagem relacionada 
Laís Alegretti e Mariana Carneiro
Nos últimos dias, um estudo do consultor do Senado Pedro Fernando Nery, começou a circular entre governistas. A leitura corrente é que a pesquisa comprova que votar a favor da reforma da Previdência rendeu votos aos deputados em 1998. Não é bem assim. Em entrevista à Folha, ele afirma que o voto na Previdência não influenciou, nem para o bem nem para o mal. E o mais relevante para a reeleição de FHC foi a verba destinada a emendas – obras incluídas no Orçamento pelos parlamentares nas regiões que os elegeram.
Um dos especialistas mais ativos nas redes sociais, com opiniões geralmente favoráveis à reforma, Nery afirma que o governo tem alternativas para reduzir gastos na Previdência caso não consiga os votos necessários para uma PEC (proposta de emenda constitucional) – na Câmara, por exemplo, é preciso o apoio de ao menos 308 dos 513 deputados.
Sem a reforma, o que o governo pode fazer para economizar?
Supondo que o governo tenha votos para aprovar projetos de lei, mas não uma PEC [proposta que requer apoio de 60% dos parlamentares], há uma série de medidas que pode fazer, como Fernando Henrique Cardoso fez em 1999 com o fator previdenciário [fórmula que reduz o valor do benefício para quem se aposenta mais cedo]. Pode ajustar a forma de cálculo da [aposentadoria] da iniciativa privada, com impacto grande no curto prazo – por exemplo, extinguir a fórmula 85/95 e criar um fator previdenciário mais duro. O governo pode elevar ainda mais a contribuição dos servidores – agora estão tentando elevar para 14%. Pode reduzir também a pensão por morte no INSS. Há outras mudanças que geram economia, mas que não são tão progressivas [que preservam os mais pobres]. O governo pode mexer em quase tudo do BPC [benefício a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda], pode alterar critérios para comprovar tempo de contribuição na atividade rural. No entanto, seria incoerente depois de ter retirado esse público da atual proposta.
Em 1998, a reforma impactou o resultado das eleições?
O grupo que votou favorável à reforma teve mais deputados reeleitos do que quem votou contra, mas essa variável não afetou positiva ou negativamente. Cálculos do Carlos Pereira e Lúcio Rennó [no estudo “O que É que o Reeleito Tem?”] mostram que, na eleição de 1998, a probabilidade de reeleição foi 25% maior para um parlamentar que teve todas as suas emendas executadas. Ou seja, não é consequência de votar a favor da reforma, mas o fato de ter apoiado o governo que impactou na reeleição.
Um governo bem-sucedido na eleição ou um governo que tem verba para distribuir?
As duas coisas. E aí tem um alerta sobre transportar os resultados para 2018. Primeiro, em 1998, o governo era formado por uma coalizão que tinha perspectiva de se manter no poder. Fernando Henrique Cardoso foi reeleito [venceu Lula no primeiro turno, com 53% dos votos]. E o cenário eleitoral era mais definido do que o de agora. A gente mal sabe quem será o candidato governista.
Para se reeleger, o deputado deve pensar mais nas emendas do que na Previdência?
Não dá para saber se vai ser igual no ano que vem, pode ser menos porque este governo é mais fraco. Mas pode ser mais porque os recursos estão mais escassos e a emenda pode ser um chamariz maior agora, que o financiamento privado [às campanhas eleitorais] não existe.
E o que há de semelhante?
Uma questão que persiste de 1998 para 2018 é uma reforma focada na Previdência urbana e funcionalismo. Não atinge população rural e Benefício de Prestação Continuada. Também tende a ser menos impopular no Norte e no Nordeste, que não só têm população mais jovem, mas também é menos atendida pelos benefícios que estão sendo reformados.
A reforma de agora retoma a discussão sobre a idade mínima, como em 1998. A resistência é maior agora?
Acho que sim, as redes sociais, ainda que não sejam determinantes nas eleições, são um instrumento a mais de pressão. Se em 1998 a população tinha que vir ao Congresso Nacional, agora pode ficar no Twitter, no Facebook, pode ter o WhatsApp do deputado. Quem defende a reforma diz que tem mentira circulando, as chamadas fake news. Já foi algo que prejudicou muito a reforma, a disseminação de informações falsas nas redes sociais. É algo que o governo tem dificuldade de contornar. Também é uma frustração que muitos técnicos têm, de estudar o assunto e ver que a informação que está mais disseminada não tem tanto amparo assim…
As informações falsas são má-fé ou falta de conhecimento?
As ideias são muito sedutoras. O noticiário está sempre eivado de corrupção e aí vem um vídeo no WhatsApp que diz que o governo desvia recurso da Previdência Social e que não existe necessidade de reforma. Para boa parte da população, esse é um argumento que faz sentido, que ressoa. É o que você vai compartilhar com seu vizinho, o que provoca medo, preocupação. Então embora ela possa ter sido criada por má-fé, sobrevive quase sem esforço de quem a originou.
Qual a pior notícia falsa?
Quando você espalha que o pobre não vai se aposentar, ou que ele vai morrer antes de se aposentar. É justamente o contrário, porque as pessoas estão vivendo mais e recebendo benefício por mais tempo. Provocar medo em pobre para defender benefícios maiores é o mais incômodo.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

LULA quer engabelar o Estado Democrático de Direito. LULA bandido é bandido e ponto. Janeiro tá bem ali...

A Folha, desaprova a atitude de um futuro presidiário, na intenção de descredibilizar o Estado e a lei.
Leia um trecho de seu editorial:
”Todo réu num processo judicial possui, naturalmente, o direito de se dizer inocente. Há muita diferença, todavia, entre a atitude de quem se defende com firmeza de uma acusação e a tentativa de afrontar abertamente as instituições de um Estado democrático.
Confiando nos seus ainda elevados índices de popularidade, o ex-presidente Lula parece apostar na segunda alternativa. Conforme se aproxima a data de seu julgamento em segunda instância, o líder petista vai multiplicando declarações no sentido de deslegitimar, desde já, a eventual sentença que venha a receber (…).
O cacique petista se põe acima da lei; no desespero, aposta no descrédito da Justiça e da própria legitimidade do processo eleitoral.”
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Raquel Dodge vai ao STF contra indulto (insulto) de Temer.

Andreza Matais, Breno Pires e Rafael Moraes Moura
Brasília, 28 - Alegando violação de vários princípios da Constituição, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu que o Supremo Tribunal Federal (STF) anule trechos do decreto de indulto assinado pelo presidente Michel Temer na semana passada. Em ação direta de inconstitucionalidade (ADI), Raquel afirma que o decreto coloca em risco a Operação Lava Jato, "materializa o comportamento de que o crime compensa" e "extrapolou os limites da política criminal a que se destina para favorecer, claramente, a impunidade". "A Lava Jato está colocada em risco, assim como todo o sistema de responsabilização criminal", afirma a procuradora-geral da República na peça de 36 páginas antecipada pelo blog da Coluna do Estadão, do O Estado de S. Paulo.
 A colunista do jornal Vera Magalhães adiantou que entidades representativas do Ministério Público Federal pressionavam para que a procuradora-geral ajuizasse a ação no Supremo.
O indulto, publicado na sexta-feira passada, dia 22, consiste em um perdão de pena e costuma ser concedido todos os anos próximo ao Natal. No do ano passado, foram beneficiadas pessoas condenadas a no máximo 12 anos e que tivessem cumprido um quarto da pena, desde que não fossem reincidentes. No indulto deste ano, não foi estabelecido um período máximo de condenação e o tempo de cumprimento da pena foi reduzido de um quarto para um quinto no caso dos não reincidentes. Raquel sustenta que o decreto - apesar de ser uma prerrogativa do presidente -, da forma como foi feito, invade a competência do Congresso de legislar sobre o direito penal e esvazia a função da Justiça. Segundo a procuradora, a determinação "sem razão específica" ampliou os benefícios desproporcionalmente e "criou um cenário de impunidade no País: reduziu o tempo de cumprimento de pena que ignora a pena aplicada; extinguiu as multas aplicadas; extinguiu o dever de reparar o dano; extinguiu penas restritivas de direito, sem razões humanitárias que justifiquem tais medidas e tamanha extinção da punibilidade". Raquel destaca que o decreto veio no contexto do avanço da Lava Jato, "após a punição dos infratores, corruptos e corruptores, por sentença criminal". Ao criticar a redução do tempo mínimo de um quarto para um quinto da pena - no caso de não reincidentes nos crimes sem violação, como os casos de corrupção - a procuradora cita, como exemplo, que uma pessoa condenada a 8 anos e 1 mês de prisão não ficaria nem sequer um ano preso.
'Generoso'
Raquel Dodge diz na ação que o que se extrai da determinação, classificada "como 'indulto mais generoso', em uma escala ascendente de generosidade que marca os decretos de indulto nas duas últimas décadas - é que será causa única e precípua de impunidade de crimes graves, como aqueles apurados no âmbito da Operação Lava Jato e de outras operações contra a corrupção sistêmica". O decreto ignorou solicitação da força-tarefa e recomendação das câmaras criminais do MPF que pediam, entre outros pontos, que os condenados por crimes contra a administração pública - como corrupção - não fossem agraciados pelo indulto. Na ação, Raquel relembra essa manifestação.
A procuradora-geral salienta que presidentes da República não têm poder ilimitado de conceder indulto. "Na República, nenhum poder é ilimitado. Se o tivesse, aniquilaria as condenações criminais, subordinaria o Poder Judiciário, restabeleceria o arbítrio e extinguiria os mais basilares princípios que constituem a República constitucional brasileira." O decreto foi criticado por procuradores e representantes da Lava Jato. Em novembro, os integrantes da força-tarefa em Curitiba estimaram que ao menos 37 condenados pelo juiz federal Sérgio Moro poderiam ser beneficiados pelo indulto. Como o Judiciário está em recesso, a procuradora-geral pede que a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, decida com urgência sobre o caso e conceda liminar (decisão provisória) até a análise pelo plenário da Corte.
Procurada, a Advocacia-Geral da União (AGU) informou "que não foi intimada e que vai manifestar-se dentro do prazo processual".
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?



quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

PMs do Rio Grande do Norte mantêm paralisação. No fundo, eles estão certos. Ninguém trabalha sem valorização e...sem dinheiro. Vergonha para um governador; até parece um que eu conheço. Aff...

Em assembleia hoje, os policiais militares e bombeiros do Rio Grande do Norte decidiram manter sua paralisação, que já dura nove dias.
Os PMs dizem ter parado porque o governo do estado atrasou os salários de novembro e não pagou o 13º dos servidores estaduais. Eles também pedem novos carros e equipamentos como armas e coletes à prova de bala.
O patrulhamento das maiores cidades potiguares está sendo feito pela Força Nacional, mas os índices de violência dispararam com a greve. Houve saques a lojas, assaltos e arrastões, e mais de 50 pessoas foram assassinadas no RN nos últimos dez dias.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Isso pode ser uma referência? Gilmar Mendes mantém cumprimento de pena de condenado na 2ª instância.

Gilmar Mendes negou um habeas corpus e manteve o início de cumprimento de pena de um homem condenado em segunda instância por homicídio, informa O Globo.
O TJ-SP havia condenado o corretor de imóveis Caio Sérgio Vicente a 12 anos de prisão pelo assassinato do namorado de sua ex-mulher, em 2007, em São Paulo.
Sua defesa entrou com recurso no STJ e pediu que a pena só passasse a ser cumprida depois de esse recurso ser analisado.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Se a eleição fosse hoje, o candidato Jair Bolsonaro já estaria no segundo turno.

Resultado de imagem para jair bolsonaro charges 
Carlos Newton
O recorde absoluto em candidaturas à Presidência ocorreu em 1989, quando tudo indicava que Leonel Brizola seria eleito. Havia 22 concorrentes, inclusive outros  nomes famosos, como Ulysses Guimarães (PMDB), Mário Covas (PSDB), Aureliano Chaves (PFL), Paulo Maluf (PDS), Afif Domingos (PL), Fernando Gabeira (PV), Ronaldo Caiado (PSD), Eneas Carneiro (Prona) e Roberto Freire (PCB). Mas nenhum deles conseguiu passar para o segundo turno, que foi disputado por Fernando Collor (PRN) e Lula da Silva (PT).
Depois dessa enchente, diminuiu bastante o número de candidatos: foram oito em 1994, doze em 1998, seis em 2002, oito em 2006, nove em 2010 e onze em 2014. Agora, o número de candidatos para a sucessão em 2018 está longe do recorde, mas deve ultrapassar a marca dos 12 concorrentes de 1998.
TEMER PARTICIPA – Embora poucos acreditassem na veracidade das informações exclusivas da Tribuna da Internet sobre a decisão de Temer participar, sua campanha pela reeleição já está nas ruas, pelo novo/antigo MDB, movida pelos generosos anúncios institucionais pagos pelo governo, por estatais e pelo Sistema S, que garantiram o Feliz Natal da grande mídia.
Também não acreditaram nas notícias da TI sobre a candidatura do ministro Henrique Meirelles, que agora se concretiza, com o ministro ocupando na semana passada o horário eleitoral de seu partido, o PSD, e fazendo corpo a corpo em igrejas evangélicas de todo o país.
É curioso notar que os dois candidatos que estão no topo das pesquisas foram os primeiros a se lançar – Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (sem partido, porque o atual, PSC, vai lançar Paulo Rabello de Castro, atual presidente do IBGE e ideólogo do movimento Millenium, de extrema-direita).
MUITO TÊM CHANCES – Devido à esperada impugnação de Lula ao ter sua condenação confirmada em segunda instância, a eleição ficará embolada e ninguém sabe o que pode acontecer. O fato concreto é que muitos têm chances de passar para o segundo turno, além de Bolsonaro, que passa a ser o favorito.
Na ausência de Lula, também passam a ter boas perspectivas as candidaturas de Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Alvaro Dias (Podemos), que estão pontuando em todas as pesquisas e podem herdar votos de Lula, assim como a candidata Manuela D’Ávila (PCdoB).
Mas tudo é mera suposição, ninguém sabe como os petistas reagirão na hora da verdade, porque o partido pode lançar um substituto de Lula até 20 dias antes do primeiro turno.
DIVIDINDO VOTOS – É uma eleição tão maluca que estarão dividindo votos na direita e centro-direita Jair Bolsonaro (ainda sem partido), Geraldo Alckmin (PSDB), Michel Temer (MDB), Henrique Meirelles (PSD), o banqueiro João Amoêdo (Novo) e Paulo Rabello de Castro (PSC).
Há, ainda, outras supostas candidaturas do médico Miguel Rey Júnior, o Dr. Rey; da jornalista Valéria Monteiro, ex-apresentadora do Fantástico e Jornal Nacional; do líder sem teto Guilherme Boulos; de Luciana Genro; de José Maria Eymael, que já foi candidato pelo PSDC em 1998, 2006, 2010 e 2014; de Levy Fidelix, do PRTB, entre outros azarões.
Sem falar em outros dois candidatos muitos importantes – Joaquim Barbosa, que pode sair pelo PSB, e João Doria, que foi convidado pelo DEM e ninguém sabe se disputará as prévias tucanas com Alckmin.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Em Lisboa, a Cidade do Século, até a Coca-Cola era proibida na era da ditadura.

Resultado de imagem para lisboA 
Ruy Castro
Escrevi semana passada sobre a diferença entre a Lisboa de hoje, que apaixona o mundo, e aquela em que morei a trabalho nos anos 70, carrancuda, fechada, silenciosa —típica de uma ditadura de décadas, que sustentava uma guerra colonial condenada pelos órgãos internacionais, aos quais o governo português respondia com sua atitude do “orgulhosamente sós”. O mundo, ao ouvir isto, dizia OK e deixava Portugal para lá.
Não se ouviam outras línguas nas ruas. As praias, desertas. Turismo, aparentemente zero. A economia, parada —aluguéis, táxis, produtos nas prateleiras, tudo a preços de 20 anos antes. Para proteger os vinhos, a Coca-Cola era proibida no país —comprava-se de contrabando, vinda da Espanha.
PARAÍSO NA TERRA – Nos jornais lisboetas, Portugal era o paraíso e as notícias desagradáveis só se referiam ao estrangeiro —o próprio Brasil, velho aliado do regime e também sob ditadura, era, já então, um país caótico e violento. Às 23h, Lisboa ia dormir.
Um dos poucos lugares com vestígios de vida era uma galeria comercial perto da Praça de Touros, a Apolo 70. Continha uma loja de revistas, um cinema (onde, em fins de 1973, aos sábados à noite, assisti a um festival Fred Astaire-Ginger Rogers) e, no subsolo, um snack-bar onde eu beliscava alguma coisa depois do filme. Só anos depois, ao ler as memórias de Otelo Saraiva de Carvalho, descobri que, no snack, justamente naquelas noites, deram-se reuniões dos jovens oficiais que, em abril de 1974, fariam a Revolução dos Cravos. Ou seja, em meio à pasmaceira, devo ter me sentado a uma mesa ao lado dos que tramavam a queda do regime.
O Apolo 70 está lá até hoje. Mas agora é uma galeria como muitas, sem qualquer importância. A cidade à sua volta é que despertou, abriu-se para o mundo e inaugurou o século 21.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Quase 70% dos brasileiros conhecem alguém que deixou o país.

A falta de perspectiva no Brasil empurra muitos cidadãos para o exterior.
Quase 70% dos brasileiros ouvidos pelo Instituto Paraná Pesquisas conhecem alguém que emigrou, mas só 31% deles já pensaram em morar fora.
A busca por melhor qualidade de vida impulsiona a maioria, que não tolera a insegurança das cidades brasileiras.
 

Confiar em Geddel dá nisso.

O antagonista
Responsável pelo transporte de parte dos R$ 51 milhões que Geddel Vieira Lima escondia no bunker de Salvador, Gustavo Pedreira Ferraz se sentiu “traído” pelo político baiano.
Em depoimento à PF divulgado hoje pelo Estadão, Ferraz disse que Geddel lhe assegurara que o dinheiro “seria utilizado nas campanhas dos Prefeitos e vereadores do PMDB no Estado da Bahia”; a “traição” foi descobrir que o dinheiro estava guardado para usufruto de Geddel.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Relatório do Exército de 1989 cita Bolsonaro e Lula negativamente. Com a palavra, o Bolsonaro (se quiser).


Em um relatório emitido pelo Centro de Informações do Exército Brasileiro, em 1989, os nomes de dois pré-candidatos à presidência são mencionados.
Um deles é Lula. O petista é mencionado em uma parte do documento que fala sobre a notícia plantada, pelo próprio PT, de que Lula foi convidado para visitar a China e a União Soviética na época. No relatório fica evidente que o próprio partido forjou a informação a fim de que ela fosse divulgada pela imprensa.
O outro presidenciável é Jair Bolsonaro, atualmente no PSC, mas que não se decide sobre partido algum. No relatório os militares fazem uma menção crítica ao deputado – na época ainda candidato – relacionada ao uso político que ele teria feito sobre a questão salarial dos militares. Como muitos sabem, Bolsonaro cresceu como sindicalista dentro do exército e fez sua carreira em cima de um discurso em prol da classe, apesar de como deputado nunca ter feito absolutamente nada a respeito.
A informação é do portal Sul Connection.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Gordinho sem vergonha. Polícia Federal apura que Rodrigo Maia recebia da Odebrecht em “caixa três”.

BRASILIA, DF, BRASIL, 15-12-2017, 18:30h: Rodrigo Maia, Presidente da Câmara, nesta sexta-feira, 15 de Dezembro, da entrevista especial para Folha em sua residência oficial. (Foto: Mateus Bonomi/Folhapress, PODER) ***ESPECIAL*** ***EXCLUSIVO*** 
Reynaldo Turollo Jr.
Em relatório de um dos inquéritos que investigam o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a Polícia Federal apontou indícios de que suas campanhas receberam dinheiro de empresas a mando da Odebrecht, prática chamada pelos investigadores de “caixa três”. Desde que vieram a público as delações de donos e executivos da empreiteira, em abril, apontava-se a Cervejaria Petrópolis, que fabrica a Itaipava, como a principal parceira da Odebrecht no caixa três.
Segundo a Odebrecht, a cervejaria doou nas eleições de 2008, 2010, 2012 e 2014 cerca de R$ 120 milhões a diversos políticos a pedido da empreiteira – e usou ainda outras duas empresas com as quais mantinha negócios. Agora, as investigações têm buscado os beneficiários, que não foram devidamente identificados nas delações.
DOAÇÃO A MAIA – No seu relatório, a PF destacou ter localizado na prestação de contas da campanha de Maia de 2014 uma doação de R$ 200 mil da empresa Praiamar Indústria Comércio e Distribuição, ligada à Cervejaria Petrópolis. A Praiamar doou ao diretório nacional do DEM, que repassou a Maia.
Também em relação a 2014, a PF anotou haver doações da Cervejaria Petrópolis ao diretório nacional do DEM, no valor de R$ 6,1 milhões.
Já em 2010, segundo a polícia, a campanha de Maia à Câmara recebeu R$ 389 mil do diretório estadual do DEM fluminense. O diretório, por sua vez, havia recebido R$ 20 mil da Praiamar e R$ 80 mil da Leyroz Caxias Indústria Comércio e Logística, outra empresa ligada à Cervejaria Petrópolis.
SEM VERIFICAÇÃO – Até aquele ano, o sistema da Justiça Eleitoral não permitia verificar a fonte original de recursos que chegassem às campanhas por meio de diretórios partidários. A PF observou que é “certo de que existe a possibilidade de [os valores repassados a Maia pelo diretório] terem sido originados das referidas empresas parceiras da Odebrecht [Praiamar e Leyroz]”.
Investigado no mesmo inquérito, o pai do presidente da Câmara, o vereador do Rio Cesar Maia (DEM), também recebeu doação de R$ 50 mil da Cervejaria Petrópolis. O repasse foi via diretório nacional do DEM em 2014, quando ele disputou uma vaga no Senado e perdeu.
O relatório da PF é de 28 de junho e se tornou acessível no inquérito no final de novembro.
TRIANGULAÇÃO – Em depoimento à PF em julho, o dono da Cervejaria Petrópolis, Walter Faria, disse que estreitou relações com a Odebrecht após a empreiteira construir suas fábricas. Em 2010, segundo Faria, o então executivo da Odebrecht Benedicto Júnior, o BJ, lhe perguntou se ele poderia fazer doações eleitorais.
Segundo Faria, “BJ lhe explicou que [a empreiteira] não desejava figurar como a maior doadora para políticos”. O empresário disse que, apesar de ter topado, também não queria aparecer como grande doador. Foi então que o dono da Praiamar e da Leyroz, Roberto Fontes Lopes, “grande distribuidor do Grupo Petrópolis”, lhe disse que gostaria de doar a políticos.
O dono da cervejaria afirmou que não dava a Lopes o dinheiro para as doações, mas “fornecia ‘uma gordura’ na negociação dos preços das bebidas que eram distribuídas” pela Praiamar e pela Leyroz.
ACERTOS – Em regra, afirmou, o dinheiro saía da Petrópolis a pedido da Odebrecht e depois era “debitado de uma conta corrente” mantida entre a cervejaria e a empreiteira. Nos acertos, segundo Faria, a cervejaria chegava a ganhar descontos da Odebrecht na construção de fábricas.
Faria entregou à PF uma tabela que, segundo ele, distingue as doações que foram feitas pela cervejaria espontaneamente das que foram a pedido da Odebrecht. Entre essas últimas estavam os R$ 6,1 milhões ao DEM em 2014.
A PF também ouviu Lopes, dono da Praiamar e da Leyroz. Ele afirmou que quis fazer doações de boa-fé, para ganhar reconhecimento, e não detalhou as contribuições a Maia.
MAIA SEM DEPOR – De julho a novembro a PF tentou ouvir Maia nesse inquérito. Houve um adiamento, a pedido da defesa, mas mesmo assim Maia não compareceu na data marcada. O depoimento foi remarcado para 3 de outubro. Nesse dia, porém, chegou à PF uma petição da defesa argumentando que pedira ao relator do caso no STF, Edson Fachin, para redistribuir o inquérito sob a alegação de que não havia conexão entre essa apuração e a Lava Jato.
A presidente da corte, ministra Cármen Lúcia, decidiu manter o caso com Fachin. A defesa de Maia recorreu, mas a decisão foi mantida.
O advogado de Maia, Danilo Bonfim, disse à Folha que o deputado já foi ouvido pela PF. Ele não quis comentar o teor do depoimento.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Um Natal com menos mortes nas estradas de acordo com a PRF.

O feriado do Natal foi menos mortal nas estradas brasileiras, de acordo com o balanço divulgado hoje pela Polícia Rodoviária Federal.
Foram 79 mortes, ante as 113 registradas no ano passado. De 22 a 25 de dezembro, houve 1.352 acidentes nas rodovias federais, com 1.320 feridos.
Os motoristas brasileiros, no entanto, continuam sendo campeões de irresponsabilidade. A PRF flagrou 3.539 motoristas fazendo ultrapassagens irregulares e 34.487 em velocidade excessiva. Além disso, multou 627 por dirigir depois de ingerir bebida alcoólica e 1.418 por não usar cinto de segurança.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Itamaraty expulsará representante da Venezuela.

O Itamaraty anunciou hoje que irá declarar o encarregado de negócios da Venezuela no Brasil, Gerardo Antonio Delgado Maldonado, “persona non grata”, informa o G1.
Na prática, isso significa que Maldonado terá de deixar o país.
É a resposta do Ministério das Relações Exteriores à expulsão do embaixador Ruy Pereira, anunciada três dias atrás pela ditadura de Nicolás Maduro.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

EU CHAPOLIN GILMAR MENDES. KKKKKKK...

O 5 estrelas de Maluf e a PAPUDA. Não vejo muita deferença. KKK Afinal, ele merece.

A Coluna do Estadão informa que Paulo Maluf se hospedou no hotel Gran Marquise, na praia de Meireles, em Fortaleza, um mês antes de ser preso.
Kakay disse que seu cliente foi buscar tratamento de coluna. A diária do 5 estrelas varia de R$ 544 (quarto superior) a R$ 12.155 (suíte presidencial).
Maluf deve estar estranhando o colchão da Papuda. KKKKKKKKKKKK Tá nada! KKKK
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Há gritante desequilíbrio entre as investigações envolvendo o PT e o PSDB.

Resultado de imagem para corrupção no metrô charges 
André Singer
Na segunda-feira, 17 de março de 2014, uma então desconhecida Operação Lava Jato prendia o doleiro Alberto Youssef. O assunto implicava muito dinheiro. Ao concluir o dia, a equipe de Curitiba tinha 80 mil páginas de documentos para analisar. Nos desdobramentos do caso surgiu o petrolão, envolvendo o PT.
Na quarta-feira, 19 de março de 2014, os leitores da Folha encontravam na primeira página o seguinte título: “Alstom pagou suborno de R$ 32 milhões, diz ex-executivo”. A notícia dava conta da colaboração de um dirigente do grupo francês com o Ministério Público de São Paulo. “O suborno, destinado a servidores e políticos do PSDB, equivale a 12,1% do valor do contrato de R$ 263 milhões”, escreviam os repórteres Mario Cesar Carvalho e Flávio Ferreira. Como se vê, bastante dinheiro também.
HÁ DIFERENÇAS – De lá para cá, uma das investigações se tornou a mais importante do mundo, segundo indicou a Transparência Internacional. Ao completar três anos, a Lava Jato contabilizava 38 fases, 198 prisões e 89 condenações. Ex-ministros importantes, como José Dirceu e Antonio Palocci, haviam sido presos. O tesoureiro do PT, acusado em inúmeros processos, continuava na cadeia. Dilma havia caído. Depois, Lula foi condenado.
Na outra investigação, que envolvia o PSDB, nada ocorreu. Passados quase quatro anos do início da Lava Jato, a Folha voltou a estampar, terça passada (19): “Odebrecht confessa cartel durante gestão tucana em SP”. “O esquema, de acordo com o material da empreiteira, operou de 2004 a 2015 em obras que custaram cerca de R$ 10 bilhões”, escreveu o repórter Julio Wiziack. As mesmas empreiteiras envolvidas no Petrolão, operando na mesma época, não suscitaram o mesmo interesse do Partido da Justiça.
Discretamente – Ao contrário do ocorrido com a nação petista, no tucanistão não houve sequer uma fase espetacular, dessas que têm nomes curiosos e geram centenas de minutos na TV. Não se conhece ninguém preso. Não há uma figura importante do peessedebismo que tenha sequer sido convidada a depor sobre o tema. Houve apenas a ação solitária de Joesley Batista, que ocasionou a temporária cassação de Aécio Neves, já revogada, e a prisão de sua irmã, também revogada.
Não há como defender meios ilegais de financiamento político e muito menos justificar desvios de recursos públicos. Desde 2014 tenho escrito aqui que os partidos estão em débito com a opinião pública e a sociedade brasileira por não explicarem o que aconteceu e tomarem as medidas cabíveis. Mas não é possível, igualmente, aceitar que o rigor da lei recaia de um lado político só. O desequilíbrio do que aconteceu nos últimos quatro anos é mais do que evidente.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

AÍ PAPAI NOEL NUM GUENTA!!!!! KKKKKKKK ESSE PEDIDO NÃO ATENDI. KKKKK

Tirando o "P" de propina.

Liberdade monocrática ou liberdade burrocrática?

No levantamento do Estadão sobre a quantidade de ‘habeas corpus’ concedidos pelo STF, há um detalhe importante:
– 89% das decisões finais sobre a liberdade de investigados foram monocráticas. Ou seja, das 16.403 ações julgadas, mais de 14 mil foram por decisão de um ministro.
Quem será o líder desse ranking?
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Corrupto Marin acorda às 6 h, faz a cama e limpa sua cela nos EUA. Já o corrupto Maluf, finge ser doido, aleijado, débil mental, tam tam das ideias no Brasil. KKKK

Resultado de imagem para marin na cadeia 
Estadão
Aos 85 anos, José Maria Marin, ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), aguarda o anúncio de sua punição no maior presídio federal de Manhattan, o Centro de Detenção Metropolitana do Brooklyn (MDC Brooklyn), local conhecido por sua rigidez e que conta com cerca de 1.700 detentos, entre homens e mulheres de vários níveis de segurança. O local abrigou diversos prisioneiros “ilustres”, entre eles o traficante colombiano Juan Carlos Ramirez Abadía em 2008 – ele havia sido preso pela Polícia Federal do Brasil em 2007 em um condomínio de luxo na Grande São Paulo.
Além de Marin, a juíza Pamela Chen também enviou para o local o paraguaio Juan Angel Napout, 59 anos, ex-presidente da Conmebol, também condenado no caso Fifa. O MDC Brooklyn abriu no início dos anos 1990, diante da oposição da vizinhança local. Os críticos temiam que a instalação, com seus funcionários, reclusos, visitantes e entregas de suprimentos, sobrecarregasse o tráfego do bairro e os sistemas de água e esgoto. Foi construído para acomodar mil presos que aguardam acusação ou julgamento no tribunal federal do Distrito Leste de Nova York.
TRIAGEM – Na chegada, os presos recebem uma triagem pela equipe de gerenciamento da unidade, com uma avaliação médica física e mental. Recebem imediatamente uma cópia das regras e regulamentos da instituição, que incluem informações sobre os direitos e responsabilidades dos presos. Também inclui informações sobre agressões e abusos sexuais. Num período de 28 dias da chegada, os internos participam do Programa de Admissão e Orientação (A&O) e são informados sobre os programas, serviços, políticas e procedimentos relativos à instalação.
Todos os presos que aguardam julgamentos, sentenças ou estão em trânsito são inicialmente designados para a unidade de alojamento de entrada para a conclusão de sua triagem médica. Dentro de 24 a 48 horas, os internos são designados para uma unidade de habitação geral regular e recebem uma orientação da equipe da unidade.
Cada unidade habitacional é composta por uma equipe responsável pelos internos, entre eles psicólogo, um assessor de educação, entre outros, disponíveis para ajudar em muitas áreas, incluindo assuntos de liberdade condicional, planejamento de liberação, problemas pessoais e familiares, aconselhamentos e assistência na definição e realização de metas na prisão.
ALVORADA  – O dia a dia na prisão começa com o despertar geral para todos os presos às 6h da manhã. É responsabilidade do preso participar das refeições e do trabalho. Os presos que são designados para um trabalho e os que não se apresentam ao trabalho estão sujeitos a medidas disciplinares, bem como por se responsabilizar financeiramente por qualquer dano em sua cela.
Cada preso é responsável por fazer sua cama de acordo com os regulamentos publicados antes da chamada para o trabalho (incluindo fins de semana e feriados quando ele sai da cela). Cada preso também é responsável por varrer e esfregar o chão de sua cela, remover o lixo e garantir a limpeza. Artigos de higiene pessoal como pasta de dentes, escovas de dentes, pentes, navalhas e sabão são emitidos pela instituição. Os inquilinos podem comprar itens de marca por meio de um comissário.
Os itens que podem ser retidos por um preso são limitados por razões de saneamento e segurança, e para garantir que o excesso de propriedade pessoal não seja acumulado, o que constituirá um risco de incêndio ou prejudicará as buscas da equipe.
BENS PESSOAIS – A área designada para cada preso inclui um armário em que o detentor deve armazenar bens pessoais autorizados. O recluso deve comprar um dispositivo de bloqueio aprovado para armazenamento de propriedades pessoais em unidades habituais.
Vestuário civil normalmente não é autorizado para retenção pelo preso. As roupas civis prévias para um preso são retidas pela equipe na área chegada do preso. Todos os reclusos são proibidos de usar qualquer roupa não emitida pelo governo ou comprada no comissariado. Nenhum recluso é autorizado a comprar ou ter em posse roupas ou itens nas cores azul, preto, vermelho ou camuflado. As vendas de vestuário no comissariado são limitadas às seguintes cores: cinza ou branca podem ser vendidas para os presos dos sexo masculino.
LIMITAÇÕES – O preso é limitado também no número de cartas, livros, fotografias, revistas e jornais que podem ser armazenados em seu espaço. Normalmente, as fotografias, particularmente as da família e dos amigos, são aprovadas, pois representam vínculos significativos com a comunidade. As fotografias pessoais podem ser armazenadas ou exibidas nas unidades habitacionais de acordo com as diretrizes locais de saneamento e limpeza.
Os presos podem receber telefonemas de segunda a sexta-feira entre 7h30 da manhã até 10h30 da manhã e de 12h30 até as 16h00. O sistema oferece três refeições diárias, com base em um menu nacional, que oferece opções dietéticas regulares, saudáveis e sem carne. Dietas médicas também são fornecidas, mediante prescrição.
A prisão fornece os programas de alfabetização em inglês e espanhol e inglês como segunda língua prescrito por lei. Além de programas educacionais e relacionados que atendam as necessidades e interesses da população dos presos e várias opções para o uso positivo do tempo e da energia. A instituição também oferece atividades de recreação e religiosas, além de serviços psicológicos.
CREDENCIAMENTO – Para visitas, familiares, advogados, empregadores e amigos podem se credenciar online, não ultrapassando uma lista de 10 pessoas mediante permissão prévia.
Entre os prisioneiros mais “ilustres” destacam-se o megatraficante colombiano Juan Carlos Ramirez Abadía, detido em 2007 em São Paulo e que ficou no local em 2008, enquanto aguardava o anúncio de sua punição – foi condenado a 30 anos, 5 meses e 14 dias de prisão no dia 1° de abril de 2008. O colombiano foi acusado por formação de quadrilha, associação ao tráfico, fugir da polícia americana, lavar dinheiro oriundo do tráfico e falsidade ideológica.
Além dele, também passaram por lá Abid Naseer, suspeito de integrar a Al Qaeda, extraditado do Reino Unido em 2012 que enfrentou acusações de por ter participado de uma conspiração internacional para realizar bombardeios nos Estados Unidos e na Europa e foi condenado a 40 anos; Linda Weston, que cumpre prisão perpétua por homicídio, agressões, crimes de ódio e outras acusações; Martin Shkreli, condenado por fraude de valores mobiliários e preso por fazer uma postagem no Facebook oferecendo aos seus seguidores 5 mil dólares pelos cabelos de Hillary Clinton.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Neste Natal triste, de meditação e silêncio, estamos cercados de ladrões.

mendicanciajudicial 
Carlos Heitor Cony
É um Natal triste. Podemos enfeitar as avenidas, as ruas, as casas e a nós mesmos. Ainda não saiu o saldo financeiro que beneficiou o comércio. De qualquer maneira, houve ceias, papais Noeis vagabundos andando pelas ruas e provocando o medo nas crianças. No fundo, o Natal transformou-se num produto comercial, embora tenha o mérito de reunir a família, os amigos e até mesmo alguns inimigos.
Para valer, o Natal é uma festa de meditação e silêncio. “Dum medium silentium… Foi num grande silêncio que Jesus nasceu”. Esse silêncio só foi quebrado pelo coro dos anjos que cantavam a gloria de Deus e a paz aos homens de boa vontade.
Repito, é um Natal triste. Temos prisões, investigações e a constatação de que estamos cercados de ladrões. É um Natal triste. Os Estados Unidos e a Coreia do Norte poderão acabar com o mundo. É um Natal triste, não recebi o presente que julgava merecer.
CORONEL NOEL – Passei um Natal preso numa cela da rua Barão de Mesquita, que se tornou célebre durante os anos de ditadura. Não guardei o nome do coronel que comandava aquela parcela do Exército. Quase no fim da noite, a porta se abriu e dois soldados empurraram uma mesinha com a ceia de Natal da casa do próprio coronel.
Tinha de tudo. Rabanadas, castanhas, nozes, tâmaras, passas e uma garrafa de vinho. Foi um caso especial, talvez único. Embora preso, não tive um Natal triste como o de hoje.
Meu companheiro de cela era Joel Silveira, foi famoso correspondente da Segunda Guerra que abalou o mundo. Tínhamos a certeza de que, apesar de muito sangue derramado, teríamos paz, paz que infelizmente durou pouco. Não importa. A esperança confirmava o sonho de um país melhor, que ainda não tivemos.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Sempre gosto de postar esse Meme! 1º Como surge um super herói! 2º Como surge um Petista, um comunista/socialista, um ser que dá vergonha ao animal: Burro!

O novo Gilmar Mendes de Temer. Outro câncer social.

Michel Temer busca uma ponte com Dias Toffoli, que assumirá a presidência do STF, publica o Estadão.
Temer se distanciou de Cármen Lúcia, porque achava que ela queria tomar o seu lugar. A aproximação com Dias Toffoli causa incômodo no tribunal, segundo o jornal.
Dias Toffoli já se encontrou com Temer, numa conversa que entrou na agenda oficial depois de ter ocorrido. Dias Toffoli é o novo Gilmar Mendes de Temer. Ele é a verdadeira ponte do futuro do PMDB.
Ponto de Vista: Observem este comentário...
"No primeiro semestre de 2018, teremos como presidente do Superior Tribunal Eleitoral o petista Luiz Fux (indicado pela amiga Dilma para o STF). A sua filha foi indicada por Dilma para ser Desembargadora sem concurso.
A partir de Agosto de 2018, a petista Rosa Weber assume a presidência do TSE com a missão de controlar as urnas Smartmatic.
Para garantir o ano de 2018, o presidente do STF será Tofoli (petista indicado por Lula).
Seu amigo Dirceu, afirmou em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo que Luiz Fux prometeu absolvê-lo:
https://www.cartacapital.com.br/politica/dirceu-diz-que-ministro-luiz-fux-prometeu-absolve-lo/@@amp" Muito pragmático, não? E o povo vai ficar só olhando o mal perdurar?
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

domingo, 24 de dezembro de 2017

FELIZ NATAL MEU POVO SOFRIDO DO BRASIL. MENOS PRO GILMAR MENDES, STF, TEMER, AÉCIO, JOESLEY, MARCELO ODEBRECHT, GEDDEL VIEIRA, CABRAL, GAROTINHO, ADRIANA ANCELMO, LULA, ZÉ DIRCEU ETC... VOU PARAR POR AQUI POIS O COMPUTADOR PODE EXPLODIR, POIS É MUITO BANDIDO E NÃO MERECEM AS BENÇÃOS DE DEUS NESTE NATAL.

Resultado de imagem para imagem de feliz natal diferente

Moro, sobre Lula ficar de fora da eleição: “O papel do juiz é cumprir a lei”.

O jornal (O globo) perguntou como ele se sentia diante da possibilidade de influenciar diretamente a disputa presidencial de 2018, se Lula ficar de fora.
Ele respondeu o seguinte:
“O papel do juiz é cumprir a lei. O juiz cumpre a lei e julga os processos segundo as leis. As consequências fora do processo não são da responsabilidade do juiz. Se eventualmente essa situação acontecer, não foi porque o juiz assim decidiu. Alguém cometeu um crime, a lei prevê inabilitações e isso pode acontecer.”
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Saiba quais são os direitos do cliente na hora da troca de presentes.

EC Rio de Janeiro (RJ) 24/12/2016 - Movimento de compras de Natal no Norteshopping. Foto Alexandre Cassiano / Agência O Globo.
Ione Luques
O livro não agradou, o vestido ficou apertado — ou largo demais — ou os sapatos não couberam? Não tem jeito: nos primeiros dias úteis após o Natal, é tradição a corrida às lojas para a troca de presentes. Mas há dúvidas sobre quais são os direitos do consumidor nessa hora. Especialistas alertam que, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), a troca ou a reparação é obrigatória em caso de defeito. O Procon-SP afirma que a substituição de uma mercadoria por motivo de gosto, cor ou tamanho, por exemplo, é uma liberalidade do estabelecimento comercial. No entanto, uma vez oferecida a possibilidade, a oferta deve ser cumprida.
Caso a loja opte por esta política, deve informá-la por escrito, seja por meio de um cartaz, uma etiqueta ou um lembrete no caixa, ou até explicando diretamente ao cliente no ato da compra. 
 — Embora o lojista não seja obrigado a realizar a troca por divergência de tamanho ou cor do produto, na prática, a maioria das lojas acaba fazendo isso no intuito principal de fidelizar o cliente — reforçou o advogado Carlos Eduardo Costa Souza, da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor e Trabalhador (Abradecont).
Souza lembra que, mesmo que um lojista exponha anúncios informando a seus clientes que não aceita a troca no caso de compra de um produto do mostruário, se a mercadoria estiver com defeito, a substituição é obrigatória, sim, como prevê o CDC. Ou seja, o comerciante precisa cumpri-la, seja como for.
FIQUE POR DENTRO
Algumas lojas pedem que o consumidor teste o produto na hora da compra e assine um carimbo na nota fiscal ou em outro impresso, reconhecendo que fez o teste e isentando a loja de responsabilidade. O Idec orienta o cliente a testar o produto, mas não assinar nada, pois considera o procedimento ilegal.

Garantia

No caso de produtos não duráveis, como alimentos, a lei determina que consumidor reclame em até 30 dias. Para os duráveis — eletrodomésticos, brinquedos e livros —, o prazo é de até 90 dias. Após ser comunicado o defeito, a loja tem até 30 dias para solucionar o problema. Se o reparo não for feito neste prazo, o cliente pode optar pela troca do produto, pela devolução do dinheiro ou pelo abatimento proporcional do preço. É essencial que registre, de preferência por escrito, todas as tentativas de comunicar o defeito, inclusive as respostas do fornecedor, que pode ser tanto o fabricante quanto o comerciante. O tempo de garantia é estabelecido por lei, mas o fabricante costuma oferecer um ano para eletrodomésticos e eletrônicos. Esse tempo maior tem que ser respeitado como se fosse lei.

Defeito oculto

O defeito (ou vício) oculto é aquele que só aparece depois de algum tempo em que está sendo utilizado nas condições indicadas pelo fabricante, inclusive após o término do prazo de garantia. A lei garante a troca, mesmo após o fim do prazo da garantia.

Valor da troca

A troca é feita com base no valor que o consumidor pagou pelo produto. Por isso, é importante guardar a nota fiscal para provar o quanto pagou, mesmo quando houver liquidações, e o preço da peça baixar. Quando a troca for pelo mesmo produto — mesma marca e mesmo modelo, mudando apenas o tamanho ou a cor —, o lojista não pode exigir complemento de valor nem o consumidor solicitar abatimento, caso haja mudança entre o que foi pago e o valor no dia em que o cliente voltou para trocar o produto.

Nota fiscal

Os órgãos de defesa do consumidor são unânimes em alertar: a nota fiscal é a prova de que o consumidor comprou determinado produto em uma loja específica. Na maioria das vezes, ela é necessária para apresentar ao fabricante se o produto estiver com defeito. Por isso, o comprador deve exigir a nota fiscal (ou o recibo de compra), guardá-la e apresentá-la na hora de fazer a troca. Em caso de peças de vestuário, é importante manter as etiquetas dos produtos.

Arrependimento

O CDC garante ao consumidor o direito de se arrepender de compras realizadas fora da loja, como por telefone, catálogos e internet. O prazo para arrependimento é de sete dias, a partir do recebimento do produto, sem necessidade de justificar o motivo, com direito à devolução de todo o valor pago e sem custos extras. O Idec ressalta que, no caso da internet, as informações sobre o direito de arrependimento devem estar claras nas políticas de devolução do site, e não pode haver custos para o consumidor. O Procon-SP, por sua vez, informa que é importante formalizar a desistência por escrito.

Presente fora do prazo

Em caso extremo, o cliente pode até entrar na Justiça contra o lojista por dano moral, pelo constrangimento de o presente não ter chegado.

Promoções

O fato de vender um produto em uma liquidação não exime o fornecedor de responsabilidade. Ele deve informar todas as condições da oferta, como a duração — início e término — da promoção, que produtos que fazem parte dela, assim como os preços praticados, e garantir a troca em caso de defeito.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Maduro, UM LIXO DE SER HUMANO, precisa ser tratado como pária.

A Venezuela expulsou o embaixador brasileiro.
O Brasil deveria ter expulsado diplomatas venezuelanos muito antes.
Nicolás Maduro precisa ser tratado como um pária internacional.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Temer e Meirelles (atores da triste política) fingem que se dão bem, mas já entraram em rota de colisão.

Resultado de imagem para temer e meirelles charges 
Carlos Newton
Na política, as aparências enganam, mas tudo tem limite. O presidente Michel Temer e o ministro Henrique Meirelles são o que se pode chamar de “inimigos cordiais”. Antes do impeachment, Lula já vinha insistindo com Dilma Rousseff para que convidasse Meirelles para o Ministério da Fazenda, com objetivo de acalmar o mercado e recuperar a economia. Não se sabe ao certo o que aconteceu, se Dilma refugou ou se foi o próprio Meirelles que não aceitou. O certo é que, quando o impeachment se tornou inexorável, o vice Michel Temer se atirou nos braços de Meirelles e lhe deu carta branca na equipe econômica.
O novo ministro não tinha nenhum coelho na cartola, mas começou a fazer mágicas. Inventou um teto de gastos para dar resultado 20 anos depois, mandou cortar leis trabalhistas e privilegiar a terceirização e a pejotização, e só ficou faltando a reforma da Previdência.
SOLUÇÕES ILUSÓRIAS – Nenhum dos programas de Meirelles salvou a economia. A crise simplesmente chegou até o fundo do poço, não tinha mais como se aprofundar, e foi ocorrendo a retomada, até porque o Brasil tem uma economia muito diversificada e quase autônoma. Entre as 500 maiores multinacionais, mais de 400 operam no Brasil, porque o país é muito rico, tem um gigantesco mercado interno.
A volta do crescimento não foi motivada por nenhuma medida do governo, não houve qualquer “New Deal” (Novo Trato) no estilo de Roosevelt, nada, nada. Mas a dupla Temer e Meirelles (não necessariamente nesta ordem) se diz salvadora da pátria, embora nenhum dos dois verdadeiramente tenha colaborado para a recuperação dos negócios.
INIMIGOS CORDIAIS – Há vários meses Temer e Meirelles entraram em rota de colisão. Só há espaço para um candidato do governo. Se saírem dois, vão se automutilar e dividir os votos. Tornaram-se inimigos cordiais. Fingem que se dão bem, no entanto mal se suportam.
Na reta final, não há como negar que são candidatos. Há vários meses Temer contratou o marqueteiro Elisinho Mouco e instalou a equipe dele no quarto andar do Planalto, todos regiamente pagos pela agência de publicidade que serve ao Planalto, além de haver um contrato adicional do Ministério da Saúde com a agência de Mouco.
E Meirelles há vários meses também está em campanha, visitando igrejas evangélicas nas capitais e grandes cidades, enquanto sua equipe do PSD busca coalizões com outros partidos.
ROMPIMENTO – É só uma questão de tempo. Não tarda a ocorrer o rompimento entre Temer e Meirelles. Se os dois saírem candidatos, estarão derrotados por antecedência, porque vão dividir os possíveis votos dos 25% que supostamente apoiam o governo (segundo o Ibope, há 6% de bom/ótimo e 19% de regular).
Na quinta-feira, Meirelles falou por quase 10 minutos na TV, em horário nobre do PSD, e não citou o nome de Temer nenhuma vez. No dia seguinte, pela manhã, no encontro de fim de ano com os jornalistas, Temer perguntou a Meirelles se ele era candidato, e o ministro respondeu que somente decidirá em março.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

sábado, 23 de dezembro de 2017

FELIZ NATAL SENHORES BANDIDOS! Indulto de Natal que Temer (o outro) concedeu aos corruptos é um insulto à cidadania.

Resultado de imagem para indulto de natal 
Francisco Bendl
O Indulto de Natal que Temer está concedendo para os corruptos e ladrões do povo e país, em que pese a contrariedade dos procuradores do Ministério Público Federal, comprova que o Brasil está sendo administrado por um bando de meliantes muito bem organizado. Além da Justiça “interceder” em favor dos facínoras, libertando-os ou deixando-os detidos em suas mansões ou palacetes, o presidente agira age também para facilitar a vida dos criminosos, diminuindo-lhes a pena e soltando-os das prisões.
Faz tempo que escrevo sobre o país falido ética e moralmente. Em consequência, a população tem absoluta desconfiança das autoridades, gerando intranquilidade, instabilidade social, discriminação explícita contra o cidadão trabalhador e contribuinte, economia estagnada, além de sustentar esse festival de iniquidades produzidas pelo congresso e Planalto, corroboradas pelo Supremo Tribunal Federal.
TUDO ERRADO – Na razão direta em que se percebe os poderes constituídos como inimigos do povo, devido a seus comportamentos diametralmente opostos à vontade popular que exige probidade, honestidade e seriedade, porém encontra impunidade, imunidade e irresponsabilidade, indiscutivelmente a reação é deixar o país de lado, ignorando que esta decisão é justamente aquela que concede tais libertinagens com o dinheiro público, na forma de salários milionários, indenizações ilegais e imorais, penduricalhos, aposentadorias especiais, sem que haja qualquer providência contra os privilégios, pois não há cobrança pelo cidadão para que a ordem seja preservada mediante a obediência às leis.
Ora, a passividade do brasileiro se explica pela sua incapacidade de alterar a situação atual, a partir do momento que constata não haver uma liderança inata e legítima, além de não existir a indispensável união  pela força popular nem vontade política de consertar a nação.
DEMOCRACIA? – Portanto, os delinquentes construíram um país à parte, que lhes pertence, e podem fazer dele o que bem entender. Como resultado desse domínio, resta ao povo tão somente obedecer e outorgar poderes, pois assim lhe dizem os donos do poder que “a democracia” precisa ser mantida.
Evidentemente, trata-se de uma democracia que serve para uns e outros, menos para o Brasil, que sangra de eleição em eleição, na esperança que os eleitos cumpram com seus deveres, quando, na verdade, trata-se de mais um grupelho que assaltará os cofres públicos e explorará o cidadão!
O gesto de Temer é a comprovação tácita e indiscutível do descaso à Constituição, com enaltecimento à corrupção, mostrando que o presidente da República é não só desonesto, mas também faz questão de ser garantidor da impunidade.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

Rejeição a Lula é levemente maior do que a Bolsonaro.

Levantamento do Instituto Paraná também mostra que 17,8% dos eleitores votariam com certeza em Lula. Em relação a Jair Bolsonaro, esse percentual é de 15,1%.
Quando se trata de rejeição, 52,8% dos entrevistados não dariam seu voto para o petista de forma alguma e 51% jamais votariam em Bolsonaro.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?

O ARROZ E O GILMAR MENDES. KKKKKKKK

Venezuela declara embaixador do Brasil em Caracas persona non grata.

Informações da EFE e da Reuters
O embaixador do Brasil na Venezuela, Ruy Pereira, e o encarregado de negócios do Canadá, Craib Kowalik, foram declarados persona non grata pela Assembleia Nacional Constituinte, disse hoje (23) a presidente da entidade, Delcy Rodríguez, em declaração à imprensa.
"No âmbito das competências da Assembleia Nacional Constituinte, que está justamente na soberania das nossas bases, decidimos declarar persona non grata o encarregado de negócios do Canadá e o embaixador do Brasil”, disse Delcy Rodríguez, em áudio da declaração divulgado pela Rádio Nacional da Venezuela.
No caso do Brasil, a presidente da assembleia diz que a medida valerá até que se restaure “o fio constitucional que o governo de fato violou neste país-irmão”.
Já no caso do Canadá, Delcy Rodríguez disse que a decisão foi tomada pela “permanente, insistente, grosseira e vulgar intromissão” do país nos assuntos internos venezuelanos. “A chancelaria venezuelana durante anos tem chamado atenção para que se respeitem a Convenção de Viena sobre as relações diplomáticas. Persistentemente, fazem declarações, fazem uso do Twitter para pretender dar ordens na Venezuela”, disse.
Segundo a presidente da assembleia, a chancelaria iniciará o processo para que os representantes diplomáticos sejam declarados pernonas non grata. Se isso ocorrer, ambos serão expulsos do país.
Itamaraty
O Ministério das Relações Exteriores do Brasil disse que ainda não foi notificado sobre a decisão da Assembleia venezuelana. Em nota, o Itamaraty disse que caso o anúncio seja confirmado, “essa decisão demonstra, uma vez mais, o caráter autoritário da administração Nicolás Maduro e sua falta de disposição para qualquer tipo de diálogo”. O ministério acrescentou que o Brasil “aplicará as medidas de reciprocidade correspondentes”.
Brasil e Canadá foram dois dos países que, em meados de agosto, expressaram apoio ao Parlamento venezuelano, de maioria opositora, e se mostraram em desacordo com a formação da Assembleia Constituinte da Venezuela. Em comunicado, o chamado Grupo de Lima, afirmou não reconhecer a legitimidade da Assembleia Constituinte. Instaurada no dia 4 de agosto para discutir mudanças na Constituição atual, a Assembleia Constituinte é totalmente integrada por aliados de Maduro.
Na época, os governos do Brasil, Argentina, Canadá, Chile, México e de outros sete países americanos condenaram a decisão da Assembleia Constituinte da Venezuela de assumir a função de legislar no lugar do Parlamento Nacional venezuelano.
Na última sexta-feira, o Executivo venezuelano acusou o Canadá de tentar "escavar" o diálogo que mantém com a oposição na República Dominicana e considerou uma "nova ameaça" a reunião realizada entre representantes canadenses com o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, na qual foi abordada a situação da Venezuela.
Liberação de ativistas
Segundo a agência Reuters, o governo da Venezuela poderá liberar 80 ativistas anti-governo, além de expulsar os dois diplomatas.
Delcy Rodriguez afirmou que o órgão legislativo estava recomendando que aqueles detidos fossem liberados de maneira breve e recebessem punições alternativas, tais como serviços comunitários e compensações para as vítimas.
Grupos de direitos humanos e opositores do presidente Nicolás Maduro dizem que as autoridades estão mantendo de maneira injusta 268 presos políticos, sendo punidos por protestarem contra a "ditadura".
Maduro, sucessor de Hugo Chávez, afirma que isso é um absurdo e que todos os ativistas presos estão lá sob acusações legítimas de violência e subversão.
"Que fique claro que os eventos promovidos pela oposição venezuelana extremista, que causaram mortes de venezuelanos, não podem se repetir", disse Rodriguez aos jornalistas.
Cerca de 170 pessoas morreram pela violência em dois protestos anti-Maduro em 2014 e no início de 2017.
A liberação potencial de dezenas de oponentes, ainda que com sentenças alternativas, poderia injetar vida nas negociações políticas entre o governo e a oposição, que devem continuar na República Dominicana no início de janeiro.
Países ocidentais e vizinhos latino-americanos têm criticado cada vez mais Maduro, acusando-o de desrespeitar a democracia e os direitos humanos. O governo diz que os países estrangeiros estão tentando encorajar um golpe de direita.
Blog Sim Nós Podemos!!!!👉👈?